Publicado em

Por Paul Sandle

LONDRES (Reuters) - A Huawei lançou seus novos smartphones da série Honor 20 em Londres nesta terça-feira, mas não fez referência a uma possível ruptura com o Google.

Segunda maior fabricante de celulares do mundo, a Huawei tem seus aparelhos com a plataforma Android, do Google, mas o Departamento de Comércio dos EUA a impediu de comprar produtos norte-americanos na semana passada, colocando em dúvida futuras atualizações de software.

Na terça-feira, os EUA amenizaram temporariamente as restrições à Huawei, concedendo à fabricante chinesa uma licença para comprar produtos americanos até 19 de agosto, o que significa que as atualizações de aplicativos populares do Google, como o Gmail e o YouTube, podem continuar.