Publicado em

Ambiente externo negativo e percepção de que o governo não terá vida fácil nas negociações da reforma da Previdência no Congresso pautaram os negócios no mercado acionário doméstico, ontem. O Ibovespa fechou no vermelho, dando sequência à toada negativa da semana passada, quando caiu 2,57%. PÁGINA 7