Publicado em

BANGALORE/SÃO FRANCISCO (Reuters) - A fabricante de chips Intel reduziu a previsão de receita para o ano e ficou abaixo das estimativas de analistas para as vendas do primeiro trimestre no negócio de data center, fazendo com que suas ações caíssem 7 por cento.

A previsão de receita reduzida para o ano aumenta receios de que uma desaceleração da indústria persista até o final de 2019 e segue um aviso semelhante no início desta semana da fabricante de chips Texas Instruments.

A Intel superou ligeiramente a previsão de Wall Street em receita e lucro no primeiro trimestre, mas as vendas da unidade de data center caíram 6,3 por cento, para 4,9 bilhões de dólares, atingidas por fraqueza na China e ajuste de estoques. Analistas esperavam receita de 5,1 bilhões de dólares, de acordo com a empresa de análise financeira e de dados FactSet.

A Intel cortou a previsão de receita em 2019 para 69 bilhões de dólares, ante 71,5 bilhões que o mercado previa.

"Olhando à frente, estamos tendo uma visão mais cautelosa do ano, embora esperemos que as condições de mercado melhoremsegundo semestre", disse o presidente, Bob Swan.

A guerra comercial entre China e Estados Unidos e o enfraquecimento das vendas de smartphones afetaram a indústria global de semicondutores. Investidores apostam que o lançamento de redes de telecomunicações 5G e a demanda por chips usados ​​em veículos autônomos reative o crescimento.

A Intel também disse que espera receita e lucro de 15,6 bilhões de dólares e 0,89 dólar por ação para o trimestre que termina em junho, comparado com expectativa dos analistas de 16,85 bilhões de dólares e 1,01 dólar por ação.

O lucro líquido caiu para 3,97 bilhões de dólares, ou 0,87 dólar por ação no primeiro trimestre, de 4,45 bilhões de dólares, ou 0,93 dólar, de um ano antes. Excluindo itens não recorrentes, a empresa lucrou 0,89 dólar por ação, batendo estimativa dos analistas de 0,87 dólar.

A receita na área que atende fabricantes de PCs e é ainda a maior contribuidora das vendas da Intel, aumentou 4,45 por cento, para 8,59 bilhões de dólares, superando as estimativas da FactSet, de 8,38 bilhões.

(Por Sayanti Chakraborty em Bangalore, Índia, e Stephen Nellis em São Francisco)