Publicado em

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, afirmou que propôs ao Japão a abertura de seu mercado para a carne bovina de um bloco de Estados brasileiros, formado por Paraná, Rio Grande do Sul, Goiás e Rondônia. "O Japão costumeiramente importa carne bovina de países livre de febre aftosa sem vacinação e no Brasil só Santa Catarina tem esse status", disse ela em entrevista coletiva após reunião com o ministro da Agricultura japonês, Takamori Yoshikawa. "Propus a ele um bloco de estados, incluindo Paraná, que deve caminhar rapidamente dentro do programa de erradicação de aftosa sem vacinação, Rio Grande do Sul, Goiás e Rondônia. As tratativas estão sendo feitas, inclusive aqui hoje, para podermos atingir esse objetivo", comentou.

Ela afirmou esperar que, até o ano que vem, uma missão do Japão visite os Estados citados.

A ministra listou outros produtos para os quais o Brasil busca abertura no Japão, como abacate e material genético.

Ainda segundo Tereza Cristina, o Japão tem interesse em iniciar cooperação entre universidades japonesas e instituições brasileiras, como a Embrapa. "Sempre na área de alimentos. Eles prezam muito a segurança alimentar."