Publicado em

SÃO PAULO (Reuters) - A oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) da elétrica Neoenergia poderá movimentar até cerca de 3,5 bilhões de reais com a venda de um lote secundário de 208 milhões de ações, considerando o teto da faixa indicativa de preço da operação divulgada nesta quinta-feira, de 14,42 a 16,89 real por ação.

O cálculo sobre o total não considera a venda de lotes suplementar e adicional, que podem ampliar o lote total vendido em até 35%, tendo como referência a oferta base.

No processo, a Iberdrola venderá 29,7 milhões de ações; o BB Investimentos, 113,4 milhões de papéis, e o fundo de pensão dos funcionários do Bando do Brasil (Previ), 64,9 milhões de títulos.

A fixação do preço do IPO será feita no dia 27 de junho, e o início da negociação das ações está prevista para acontecer na bolsa paulista em 1º de julho, acordo com comunicado da empresa.

 

(Por Roberto Samora; edição de Aluísio Alves)