Publicado em

(Reuters) - A Oi está em conversando com instuições financeiras para buscar um financiamento adicional de até 2,5 bilhões de reais, conforme comunicado da companhia nesta segunda-feira.

De acordo com a Oi, sue plano de recuperação judicial prevê diversas formas de financiamento adicional.

Nesse contexto, a empresa afirma que, além dos recursos obtidos com o aumento de capital, poderá buscar, se necessário, em até dois anos da data da homologação judicial do plano, novos recursos no mercado, no montante de até 2,5 bilhões de reais.

"Estas captações serão realizadas em condições atrativas para viabilizar a capitalização dos recursos necessários à consecução das atividades do grupo, podendo ser realizadas, entre outras formas, mediante a emissão de pública de ações ordinárias ou de novos instrumentos de dívida, incluindo dívidas com garantia", afirmou a Oi no comunicado.

Com a aprovação do plano e a readequação de sua estrutura de capital, a Oi também disse que as "recuperandas envidarão os seus melhores esforços para a obtenção de abertura de novas linhas de crédito para importação de equipamentos no valor potencial de 2 bilhões de reais".

A empresa de telecomunicações afirmou que seu desempenho operacional se encontra dentro das expectativas e que confia na execução dos esforços de controle de custos e demais iniciativas necessárias para a execução do plano de investimentos.

As informações foram prestadas após questionamento da B3 em razão de reportagem publicada pelo jornal Valor Econômico na semana passada, afirmando que a Oi trabalha para fechar escolha de instituição financeira que será responsável por estruturar uma operação de captação de dívida garantida.

 

(Por Paula Arend Laier)