Publicado em

SÃO PAULO (Reuters) - A elétrica Cemig e seus sócios na hidrelétrica de Santo Antônio receberam uma oferta de uma companhia chinesa pelo controle do empreendimento, mas a proposta não agradou e as conversas foram paralisadas, disse nesta quinta-feira o diretor de Finanças da empresa mineira, Maurício Fernandes Leonardo Júnior.

"A negociação está parada", afirmou o executivo, ao ser questionado por um investidor sobre a operação durante teleconferência de apresentação de resultados.

Mais cedo nesta semana, a Reuters publicou reportagem que indicou que chinesa State Power Investment Corp (SPIC) apresentou uma proposta pela fatia de 15% da Cemig na hidrelétrica. Segundo fontes, a oferta não foi vista como aceitável pela companhia mineira.

A usina em Rondônia foi colocada pela Cemig em um plano de desinvestimentos, por meio do qual a companhia visa reduzir dívidas.

Os sócios da companhia em Santo Antônio são Furnas, da Eletrobras, com 43%, e a construtora Odebrecht, com 18,25%. Os veículos de investimento Caixa FIP Amazônia Energia e SAAG Investimentos, da Andrade Gutierrez, também contam com participações.

Sem citar nomes, Fernandes disse que a proposta também não agradou "os outros dois acionistas" do empreendimento.

 

(Por Luciano Costa)