Publicado em

As prestadoras de serviços de telecomunicações investiram no Brasil R$ 30 bilhões em ao longo do ano passado, o que representa um crescimento de 7% em relação a 2017.

Os dados são da Associação Brasileira de Telecomunicações (SindiTeleBrrasil) e apontam que os investimentos foram feitos especialmente em expansão de infraestrutura, ampliação de cobertura e melhoria da qualidade dos serviços, “mesmo diante dos desafios impostos pela elevada carga tributária brasileira, que é uma das maiores do mundo, e pelo pesado custo regulatório”, dizia o relatório. Desde a privatização, em 1998, o setor privado de telecom investiu R$ 926 bilhões em valores atualizados e incluindo o pagamento de outorgas para o governo. “Esses investimentos levaram o Brasil a ter a quinta maior infraestrutura de telecomunicações do mundo e 315 milhões de acessos, nos serviços de telefonia fixa e móvel, banda larga e TV por assinatura”, diz a associação.

Diante disso, o setor defende a atualização das leis e simplificação de regulamentos para abrir caminho à ampliação dos investimentos, “especialmente em serviços que a população mais demanda, como a banda larga.”/Agências