Publicado em

A diminuição no ritmo de crescimento do varejo em janeiro levou a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) a revisar (de 5,6% para 5,4%) a previsão de crescimento do comércio para 2019. PÁGINA 4