Publicado em

As vendas de papelão ondulado utilizados em embalagens - caixas, acessórios e chapas - totalizaram 334.027 toneladas em outubro, o que representa alta de 2,66% ante igual período do ano anterior, de acordo com dados consolidados divulgados pela Associação Brasileira do Papelão Ondulado (ABPO). De acordo com nota da associação, o volume é o recorde da série histórica, iniciada em 2005. Na comparação com setembro, a alta registrada foi de 10,17%.

Em nota, a associação aponta que os meses de outubro de 2018 e de 2019 tiveram o mesmo número de dias úteis, e que houve alta de 2,7% na produção de papelão por dia útil no período. Em relação a setembro, a alta registrada foi de 1,70%.

Considerando dados dessazonalizados, em outubro a expedição de papelão ondulado no país cresceu 1% na comparação anual, para 307.864 toneladas.

De acordo com a ABPO, este é o maior resultado desde agosto do ano passado. As vendas por dia útil ajustadas foram de 11.841 toneladas por dia.

No acumulado do ano até outubro, as vendas registram expansão de 0,80%, para 2.994.004 toneladas.