Publicado em

O ministro da Secretaria de Governo, general Carlos Alberto dos Santos Cruz, não está mais na equipe do presidente Jair Bolsonaro (PSL). O comunicado da demissão ocorreu ontem, durante almoço no Palácio do Planalto.

O porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros, afirmou que o general do Exército Luiz Eduardo Ramos Baptista Pereira assumirá a Secretaria de Governo. Ramos é comandante militar do Sudeste e fica baseado em São Paulo. Ainda não há previsão de chegada do novo ministro ao Palácio do Planalto.

A demissão de Santos Cruz foi atribuída ao “desalinhamento” com o presidente em questões como comunicação e a centralização de poder na sua pasta. Recentemente, o ministro foi alvo de críticas do vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), filho do presidente, sobre os rumos da comunicação no Palácio do Planalto. Também se envolveu em polêmicas com o escritor Olavo de Carvalho, considerado o guru do bolsonarismo.

O ministro vinha acumulando desgaste desde que reagiu às críticas de Olavo, a quem atribuiu uma “personalidade histérica”. Bolsonaro não saiu em defesa do seu ministro e chegou a condecorar Olavo com a Ordem Nacional de Rio Branco em meio à polêmica.

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), se disse preocupado com uma piora na relação entre o governo e o Congresso, de acordo com interlocutores.