Publicado em

O ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha foi transferido para o Rio de Janeiro. Ele deixou o Complexo Médico Penal (CMP), em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba na sexta-feira, onde estava preso há dois anos e sete meses.

Cunha ficará detido no Presídio Pedrolino Werling de Oliveira, Bangu 8, no Complexo Penitenciário de Gericinó, na zona oeste. Em março do ano passado, ele foi condenado em primeira instância a 15 anos e 4 meses de reclusão pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

O ex-deputado tem outra condenação em primeira instância, pela Justiça Federal de Brasília, a 24 anos e 10 meses de prisão, por desvios de recursos do Fundo de Investimentos do Fundo de Garantia. / Agências