Publicado em

BRASÍLIA (Reuters) - O futuro ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, divulgou, em rápido pronunciamento à imprensa nesta sexta-feira, o nome de dois novos nomes da sua equipe: o novo diretor-geral da Polícia Rodoviária Federal será o atual superintendente no Paraná, Adriano Marcos Furtado, e o advogado Luciano Benetti Timm será o novo secretário Nacional de Defesa do Consumidor.

Moro disse que o novo diretor-geral da PRF teve uma atuação no Paraná "muito elogiada" e que é uma pessoa absolutamente habilitada e técnica para desenvolver o trabalho à frente da instituição.

No caso do secretário da Defesa do Consumidor, o novo ministro disse que a escolha de Luciano Beneti Timm se deve ao fato de ele ter um trabalho de qualidade acadêmica indubitável na área. Moro reconheceu que não tem um trânsito tão bom sobre o assunto, mas quer que o órgão atue para diminuir os conflitos entre fornecedores e consumidores.

Ao final, Moro disse ainda que só falta anunciar o nome do secretário Nacional de Justiça entre as principais funções ligadas à sua pasta.

 

 

(Reportagem de Maria Carolina Marcello e Ricardo Brito)