Publicado em

BRASÍLIA (Reuters) - O PSB decidiu fechar questão contra a proposta de reforma da Previdência apresentada pelo presidente Jair Bolsonaro em reunião de seu Diretório Nacional nesta quinta-feira.

O diretório do partido voltará a se reunir para analisar o relatório a ser apresentado na comissão especial da Câmara instalada nesta quinta-feira para debater o mérito da Proposta de Emenda à Constituição (PEC). Caso a linha da reforma seja mantida, o partido poderá reafirmar o fechamento de questão.

"O espírito geral da reforma e o projeto político antipopular que a alimenta afrontam os princípios programáticos do PSB, devidamente formalizados em seu manifesto e programa", afirma resolução aprovada nesta quinta-feira.

"Evidencia essa contradição irremediável, o ataque impiedoso ao sistema de seguridade social, cujo fundamento é a solidariedade social, sem a qual não se pode falar com propriedade de uma sociedade democrática e inclusiva."

Instalada nesta quinta-feira, a comissão especial será presidida pelo deputado Marcelo Ramos (PR-AM) e relatada pelo deputado Samuel Moreira (PSDB-SP).

(Reportagem de Maria Carolina Marcello)