Publicado em

Por Cate Cadell

WUZHEN, China (Reuters) - Os chineses podem começar a ver apresentadores robôs de notícias, que podem imitar expressões faciais e trejeitos humanos durante a leitura de notícias.

O apresentador de inteligência artificial, desenvolvido pela agência de notícias estatal Xinhua e pela empresa de tecnologia Sogou, está sendo exibido na Conferência Mundial da Internet em Wuzhen, no leste da China, atraindo curiosos.

O robô, inspirado no jornalista chinês Qiu Hao, vestido com um terno preto e gravata vermelha, é parte de um grande esforço da China para avançar em tecnologia de inteligência artificial, de equipamentos de vigilância até carros autônomos.

Em outra apresentação em vídeo da Xinhua, outro robô diz que era seu "primeiro dia" na agência de notícias e prometeu "trabalhar incansavelmente para manter o público informado, pois os textos serão digitados no sistema ininterruptamente".

A equipe de marketing da Sogou disse no evento que não está claro quando a tecnologia realmente entraria em uso, mas multidões se reuniram para tirar fotos com o apresentador digital e com o próprio Qiu, que estava no evento.

(Por Cate Cadell)