Publicado em

Seja com a economia em alta ou em baixa, os coworkings são uma boa escolha para grande maioria as empresas. Em momentos de crise, muitas procuram escritórios compartilhados para amenizar os custos fixos. Mas, mesmo com a melhora econômica, seguem no coworkings, por notar que, além de mais baratos, são práticos, versáteis e confortáveis.

No entanto, com os altos e baixos da economia, sempre há empresas que não atingem o lucro desejado em relação aos investimentos que fizeram. Segundo a pesquisa do Coworking Brasil, 14% das empresas instaladas em coworkings tiveram prejuízo em 2016, 9% declararam que o negócio não foi bem, e 35% consideraram o lucro obtido abaixo do esperado. Com isso, cresce uma questão que afeta negócios das mais diversas áreas: a inadimplência.

Sempre é possível criar estratégias para que a situação econômica não atrapalhe o negócio. É relativamente normal que o coworking termine o mês com uma inadimplência de 1%. Se esse índice subir para 5% no final e no início do ano, é preciso ter muito cuidado.

Não há nada de errado em cobrar um cliente se ele estiver inadimplente, mas é uma situação que pode causar desconforto. Por isso, é preciso tomar alguns cuidados que ajudam a evitar "saia justa":

Cobrança antecipada

O uso do coworking se dá de modo imediato. A cobrança antecipada evita que o empreendedor tenha problemas com pessoas mal intencionadas. É uma condição justa de cobrança, que garante que o empreendedor não passe imprevistos.

Análise de crédito

Previna-se e faça uma análise de crédito criteriosa. Exija documentos que atestem que o interessado é bom pagador. Além disso, esclareça questões ligadas ao pagamento.

Pacotes personalizados

Comercialize pacotes simples, personalizados de acordo com a necessidade das empresas. Facilite a decisão com vantagens extras, inove e inclua itens diferenciados. Com pacotes feitos sob medida, você oferece opções econômicas, com um valor vantajoso para o seu negócio.

Sazonalidade

A inadimplência pode subir no início e no final de ano. Estabeleça critérios específicos de cobrança nessas datas. É imprescindível descrever em contrato as diferentes especificações em relação a essa questão, para obter garantias durante esses períodos.

Enviar um e-mail

Palavra de Especialista