Publicado em

SÃO PAULO - O grupo gaúcho Kepler Weber anunciou a conclusão de um acordo de fornecimento de equipamentos voltados a armazenagem, movimentação e beneficiamento de grãos para a Cargill. Os valores da negociação não foram informados. A previsão de entrega total é março de 2011.

O negócio prevê a ampliação de 11 unidades da multinacional, localizadas nos Estados do Paraná, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia, Goiás, Bahia e São Paulo.

Dentre os equipamentos fornecidos pela Kepler Weber, a empresa destacou as máquinas de limpeza de grãos, os transportadores de grãos horizontais, os secadores de cereais e silos planos e elevados, estes projetados para armazenar produtos granulares ou de fluxo livre. As capacidades de estocagem do elevado variam de 15 metros quadrados a 1.040 metros quadrados, o que significa que podem armazenar de 11 toneladas a 779 toneladas de produto, ou até 12.992 mil sacos de 60 quilos.

Com sede no Rio Grande do Sul, a Kepler Weber, empresa de capital aberto, está há mais de 80 anos no mercado, sendo há 40 anos exportadora e líder do setor na América Latina.

A Kepler Weber, que atua no setor de agronegócios, é especializada no desenvolvimento de soluções completas de armazenagem. As unidades fabris do Grupo Kepler Weber têm capacidade para processar 100 mil toneladas de aço por ano.

Trading companies, cooperativas, empreendimentos de médio e de grande porte formam a carteira de clientes da Kepler Weber, para os quais são desenvolvidos projetos no sistema turn key (i.é, entregues em condições de pleno funcionamento).

A Cargill está no Brasil desde 1965 e atualmente é a maior indústria de alimentos e uma das 15 maiores do Brasil, além de ser a principal exportadora de soja do País e a maior processadora de cacau da América Latina.

A empresa, sediada na capital paulista, anunciou, no último dia 18, a construção de uma usina para produção de biodiesel na cidade de Três Lagoas, em Mato Grosso do Sul, com previsão de operação para 2012.

Com investimento de aproximadamente R$ 130 milhões, a nova fábrica funcionará anexa à atual unidade de esmagamento de soja da Cargill e terá capacidade anual de produção de 200 mil toneladas de biodiesel.

A Cargill possui ainda unidades industriais, armazéns, escritórios e terminais portuários em aproximadamente 120 municípios, fornecendo ao Brasil e ao mundo produtos e serviços nos setores agrícola, alimentício e de gerenciamento de risco.

O grupo gaúcho Kepler Weber definiu acordo de fornecimento de equipamentos voltados a armazenagem, movimentação e beneficiamento de grãos para 11 unidades da Cargill. Previsão de entrega: março de 2011.