Publicado em

(Reuters) - O Facebook introduzirá um processo de autorização para usuários que gerenciam páginas no Facebook com um grande número de seguidores nos Estados Unidos, uma decisão que tenta dificultar que páginas sejam administradas por contas falsas ou comprometidas, disse a rede social nesta sexta-feira.

As medidas surgem cerca de uma semana depois que a empresa disse ter identificado uma nova campanha coordenada de influência política em sua plataforma para enganar os usuários antes das eleições parlamentares de novembro dos Estados Unidos.

As novas medidas exigirão que os administradores de páginas no Facebook protejam suas contas com autenticação de dois fatores e confirmem sua localização principal.

O Facebook também adicionará uma seção que mostra o país principal de onde uma página está sendo gerenciada.

O Instagram também lançará recursos semelhantes nas próximas semanas.

(Por Munsif Vengattil)