Publicado em

SÃO PAULO - A Ponte 21 se define como uma "agência de inovação digital" e promete acelerar projetos de negócios de seus clientes no prazo de oito semanas, seja no desenvolvimento de produtos ou na gestão estratégica. Criada há pouco mais de um ano, em maio de 2015, a startup auxilia outras novatas a preparar melhor seu ingresso no mercado.  



O processo começa com a etapa que a Ponte 21 chama de inception (fase inicial, em inglês) "Ao contratarem nosso serviço, fazemos essa atividade que dura um dia", conta Harley Gomes, que se apresenta como arquiteto de soluções da empresa. "O cliente expõe suas ideias e nós ajudamos a desenvolvê-las, descobrindo o que é necessário fazer para que seu produto dê certo e ele não perca dinheiro", explica.



Em seguida, a Ponte 21 se oferece para desenvolver o mínimo produto viável (MVP, na sigla em inglês), que é uma primeira versão, ainda com funcionalidades reduzidas, mas pronta para ser testada com o público. "Nós oferecemos a criação do MVP, a gestão da parte estratégica ou as duas coisas juntas. Fica a critério do cliente", diz Gomes.



O prazo de oito semanas para elaborar os projetos recebidos se refere a ideias que, sem esse auxílio, demorariam de oito até 12 meses para serem desenvolvidas, diz. A empresa garante que, em alguns casos, é possível até reduzir o prazo proposto, dentro do seu próprio laboratório de inovação.



Instalada no Cubo, espaço de coworking do banco Itaú em São Paulo, a startup também oferece um curso voltado para o desenvolvimento de tecnologia. com duração de oito semanas. "O Master Tech é um dos braços da nossa empresa, é nossa parte educacional. O curso foi realizado nas salas do Cubo e na primeira edição, foram 320 horas de duração em que treinamos 30 jovens nas diversas áreas de tecnologia", conta.



Gomes diz que a ideia surgiu após os sócios analisarem o mercado e perceberem que o número de empreendimentos iniciantes que precisam de apoio é muito grande. Segundo ele,o trabalho é "voltado para empresas que têm dificuldade de inovar por conta de seu tamanho, e contam com a Ponte 21 para ajudá-las". A empresa tem uma parceria com o Google, mas não abriu espaço para outros investidores iniciais.



Entre os trabalhos já realizados estão a Casar.com, voltada à organização de casamentos e para a qual a Ponte 21 desenvolveu o MVP; e o Baby Check-In, plataforma para conectar pais que tiveram filhos recentemente com outros mais experientes para troca de dicas, que recebeu auxílio na parte estratégica. 



A empresa não informa seu faturamento. A equipe conta hoje com 11 integrantes. Além de São Paulo, a Ponte 21 opera no Rio de Janeiro e até no Canadá.