Publicado em

Ainda que em um ritmo menor que o verificado nos últimos anos, o preço do metro quadrado dos imóveis residenciais segue em baixa e já acumula retração de 4,35% em 12 meses até novembro, incluindo a inflação calculada pelo IPCA/IBGE no período.

De acordo com o Índice FipeZap, que mensura o valor cobrado nos imóveis em 20 cidades brasileiras, a queda em 12 meses ainda é puxada pelo desempenho negativo do Rio de Janeiro (-3,80%), Niterói (-3,71%) e Fortaleza (-2,05%), resultados todos que se dão sem incluir a inflação no período.

Na contrapartida, amorteceram a queda o desempenho de municípios como São Caetano do Sul (+3,03%), Vitória (+2,64%) e Goiânia (+2,57%), avanços estes que não incluíram a inflação em 12 meses.

Quando analisado o resultado no acumulado do ano ate novembro, o recuo ficou na casa dos 0,32% em termos nominais, o que corresponde a uma queda real de 3,94%, considerando a inflação acumulada de 3.76% no período (IPCA/IBGE). “Individualmente, 5 das 20 cidades monitoradas registram queda nominal no preço de venda residencial (igual ou superior a -0,10%), destacando-se: Rio de Janeiro (-3,57%), Niterói (-3,55%) e Fortaleza (-2,04%)”, dizia o relatório assinado pelos economistas do FipeZap. As variações mais expressivas foram registradas em: São Caetano do Sul (+2,31%), Goiânia (+2,11%) e Vitória (+2,01%).

Na avaliação apenas do mês de novembro, o comportamento dos preços não foi homogêneo. “Com 10 das 20 cidades monitoraras registrando aumento igual ou superior a 0,10%”. Por outro lado, entre as 5 cidades que apresentaram variação nominal do preço igual ou inferior a -0,10% as maiores quedas foram Niterói (-0,49%), Recife (-0,34%) e Rio de Janeiro (-0,33%).

O relatório apontou ainda que em novembro de 2018, o valor médio de venda dos imóveis residenciais nas 20 cidades monitoradas foi de R$ 7.521/m². Rio de Janeiro se manteve como a cidade com o m² mais elevado do país (R$ 9.405/m²), seguida por São Paulo (R$ 8.841/m²) e Distrito Federal (R$ 7.787/m²).

Já as cidades monitoradas com menor valor médio de venda residencial por m² foram Contagem (R$ 3.537/m²), Goiânia (R$ 4.194/m²) e Vila Velha (R$ 4.702/m²).