Publicado em

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) assina hoje um contrato de implantação do Shopping Metrô Itaquera , na zona leste de São Paulo. Com o início de construção previsto para o segundo semestre deste ano e a conclusão em 24 meses, o empreendimento exigirá investimentos de R$ 57 milhões.O shopping center será erguido em terreno anexo à estação Corinthians/Itaquera da linha 3 (vermelha), numa área de 119 mil metros quadrados e contará com 151 lojas, incluindo centro comercial, hipermercado e espaço de lazer. A obra vai criar de 1.500 a 4 mil novos postos de trabalho.Além do governador, o secretário dos Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes, também participa do evento de assinatura do contrato com o Consórcio Shopping Metrô Itaquera, um pool de empresas vencedor da licitação para construção, administração e exploração do novo centro de comércio, por um prazo de 40 anos. A concessão estabelece que o Metrô cede a área e, em troca, terá participação em 25,53% da receita do empreendimentoO Shopping Metrô Itaquera vai atender a uma região de três milhões de habitantes, sendo 60% das classes B e C. "O benefício social será grande", prevê Rossana Dal Coleto, chefe do Departamento de Projetos de Novos Negócios da Companhia do Metropolitano.Rossana acredita que, com a chegada do shopping, a região de Itaquera irá se expandir rapidamente na geração de empregos e na valorização imobiliária do bairro. Ela lembra ainda que a mesma região vai abrigar, em breve, um campus da Universidade de São Paulo (USP) , o que deve aumentar a população flutuante e, em conseqüência, o número de consumidores.De acordo com ela, esse deve ser o último shopping de porte grande a ser construído nas estações do Metrô existentes atualmente em São Paulo. "Não temos mais áreas disponíveis para construir obras vultosas, só de tamanho menor", explicou.O Shopping Metrô Itaquera será o terceiro com acesso direto ao sistema metroviário. Os outros dois estão localizados junto às estações Tatuapé (zona leste) e Santa Cruz (zona sul).O Metrô Tatuapé foi o primeiro a ser inaugurado, em outubro de 1997, e o mais rápido da capital paulista a apresentar maturação comercial, conforme pesquisa realizada pelo Metrô.O Metrô Santa Cruz abriu as portas há um ano e meio e já comemora a demanda de público, um fluxo de 70 mil consumidores por dia. De acordo com o superintendente, Felipe Horta, o Shopping Metrô Santa Cruz faturou cerca de R$ 16 milhões no ano passado. "Inauguramos com vacância zero. Todas as lojas estão locadas", disse, afirmando que os investimentos dos lojistas estão entre os de maiores retorno no varejo brasileiro."A vantagem está no fato de que o fluxo de consumidores é constante, de segunda (feira) a segunda, ao contrário dos outros shopping centers, que reúnem um público maior aos finais de semana", disse.O Metrô Santa Cruz detém também o posto de maior bilheteria da rede de cinema Cinemark em todo o Brasil. São onze salas, totalizando 3.500 lugares.Os consumidores do shopping pertencem na sua maioria à região de entorno do bairro de Vila Mariana, caracterizado por alta densidade demográfica.