Publicado em

Por Foo Yun Chee

BRUXELAS (Reuters) - França, Alemanha, Itália e Reino Unido garantiram nesta terça-feira aprovação da União Europeia para concederem 1,75 bilhão de euros em auxílio estatal a um projeto conjunto de microeletrônica que incentivará investimentos em dispositivos conectados à Internet.

Vinte e nove empresas e órgãos de pesquisa participarão do projeto, incluindo a Robert Bosch, Infineon, STMicroelectronics

A Comissão Europeia disse que o apoio público deve atrair mais 6 bilhões de euros de investidores privados. O projeto está previsto para ser concluído em 2024.

Microeletrônicos são pequenos componentes eletrônicos comumente conhecidos como chips e sensores e são encontrados em telefones, computadores, máquinas de lavar, carros e outros dispositivos.

"A inovação na microeletrônica pode ajudar toda a Europa a inovar", disse Margrethe Vestager, comissária europeia para questões concorrenciais.

"É por isso que faz sentido que os governos europeus se únam para apoiar projetos tão importantes de interesse comum europeu, se o mercado sozinho não correr o risco."

O trabalho se concentrará em chips energeticamente eficientes, semicondutores de potência, sensores inteligentes, equipamentos ópticos avançados e materiais compostos.

(Por Foo Yun Chee)