search

> FECHAR

Olá,
%name%

Aproveite agora e faça sua assinatura digital por apenas:

10x de

29,90

Topics

TopicFundação Escola de Comércio Álvares Penteado

Inflação controlada permitirá juro real de 2,3% nos próximos 12 meses

Mesmo com as taxas em níveis historicamente baixos, a atividade segue reagindo muito pouco, diante da falta de investimentos na economia real e incertezas sobre andamento das reformas

Reforma da Previdência Social deve mudar as relações de trabalho no País

O fim do recolhimento e da multa de 40% do FGTS, por exemplo, é visto por especialistas como uma forma de deixar para o empregado e para o empregador, as decisões sobre as contratações

Atividade puxa a arrecadação federal, mas sem incentivar o trabalho formal

Aumento da informalidade e desoneração da folha de pagamentos também afetam as receitas destinadas à Seguridade Social, mesmo com a lenta e gradual retomada da economia brasileira

Ganho acima da inflação só ocorreu na indústria e setor público no 3º tri

Já a renda dos trabalhadores ligados à prestação de serviços e comércio tem tido dificuldade de reagir; capacidade de negociação dos sindicatos e qualificação da mão de obra explicam cenário

Diante de polarização, debate sobre emprego deverá ter pouco espaço

Especialistas avaliam que discutir políticas de trabalho nos próximos vinte dias será restrito, mas propostas dos candidatos à Presidência são vagas ou com poucas chances de se concretizarem

Informalidade do mercado de trabalho dá sinais de arrefecimento

Queda de postos formais está perdendo força e tendência é que geração de vagas avance ao longo de 2019, de modo a diminuir o número daqueles brasileiros que atuam por conta própria

Crise na Argentina afeta comércio com o Brasil e deve afastar capital

Parceiro importante na venda de commodities e veículos, por exemplo, situação fiscal do país vizinho pode prejudicar exportações brasileiras. Câmbio também impacta percepção de risco

Custo da dívida aumenta para 10,49% ao ano mesmo com taxa Selic estável

Estoque de títulos públicos do Tesouro no mercado manteve-se em R$ 3,607 trilhões em julho, na comparação com junho, mas credores estão pedindo mais prêmios em papéis indexados ao IPCA

Propostas econômicas de candidatos dependem de mudança constitucional

Em maior ou menor grau, todos os economistas que assessoram as campanhas defendem ajuste nas contas públicas, sendo com receitas de tributos e com a revisão de despesas “linha por linha”

Ferramentas de gestão

VERSÃO DIGITAL (22/10/19)

Assinando o jornal impresso
você tem acesso total à versão digital.

© 2017. DCI Diário Comércio Indústria & Serviços.
Todos os direitos reservados.