Gabigol zoa com Galhardo após título; entenda a treta

Atacante Rubro-negro usou as redes sociais para mandar recado ao Colorado, após atacante do Inter provocar os flamenguistas por meio de um vídeo no mês passado.

Logo depois de ser campeão do Campeonato Brasileiro 2020, nesta quinta-feira (25), Gabigol apareceu ao lado de Willian Arão em uma transmissão ao vivo no Instagram, direto do gramado do Morumbi, para provocar o atacante do Internacional, Thiago Galhardo. Bicampeão brasileiro com o Flamengo, o camisa 9 zoou o atacante do time gaúcho de ter conquistado o vice-campeonato e de não ter sido artilheiro da competição.

No vídeo, Gabigol então diz à Galhardo: “”Seu Galhardo, seu moleque! ‘Cê’ tem que respeitar, garoto. Olha aqui pra você, ó. Cheira aqui, garoto (mostra a medalha). Seu moleque! Não foi campeão e não foi artilheiro”.

Em seguida, o volante Willian Arão ainda acrescenta. “O recado tá dado, o recado tá dado”, disse o atleta, que não atuou no confronto devido a uma lesão no dedo do pé.

Entenda a treta entre Gabigol e Galhardo

Ainda no primeiro turno, Internacional e Flamengo se enfrentaram no Beira-rio, em duelo que terminou empatado em 2 a 2. Galhardo foi um dos autores do gol Colorado na partida. No entanto, no fim de janeiro, logo depois de vencer o clássico contra o Grêmio, o atacante do Inter apareceu em uma live para comemorar o triunfo e brincou com os dedos no nariz.

Alguns torcedores flamenguistas, interpretaram a ação de Galhardo como estivesse fazendo alusão ao “cheirinho“. A zoação é comum entre torcedores rivais da equipe carioca, sempre que o clube não conquista um título.

O que é o “cheirinho”?

Há alguns anos, os flamenguistas criaram a expressão cheirinho para representar a ideia de que o clube ganharia um título próximo, e por isso, sentiam o cheiro da conquista. No entanto, os torcedores não contavam com alguns fracassos do clube.

Diante deste cenário, os rivais começaram então a zoar com o Rubro-negro, toda vez que o clube perdia algum campeonato. A brincadeira tornou-se comum com os flamenguistas, e Galhardo aproveitou o embalo para zoar com o Flamengo, que na época, não era líder do Brasileirão.

“Aqui é cheiro de taça”

Logo depois da explicação do que é o “cheirinho”, voltamos ao conflito entre Gabigol e Galhardo. Como o atacante Colorado zombou da equipe carioca, o camisa 9 Rubro-negro aproveitou a conquista para dar o troco no jogador.

Em outra live, mas dessa vez em seu perfil, Gabigol voltou a zombar de Galhardo e disse: “Thiago Galhardo, Thiago Galhardo… Ele meteu o cheirinho pra nós. O que que Thiago Galhardo ganhou? Não ganhou nada!

Logo depois, o meia Diego, um dos capitães do Flamengo, completou. “Aqui é cheiro de taça”.

Nem Galhardo e nem Gabigol venceram a artilharia

Além de não ganhar o Brasileirão, Galhardo também não venceu a disputa dos artilheiros do campeonato, assim como Gabigol. O Colorado estava empatado com Marinho, Claudinho e Luciano, todos com 17 gols. No entanto, tanto o atacante Tricolor, quanto o meia do Massa Bruta, marcaram na última rodada e chegaram a 18 bolas na rede, vencendo a premiação.

+ Nova camisa do Flamengo: veja imagens do uniforme 1 do clube

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.