Veja as novas regras de trânsito 2021; o que muda para as motos e bikes

As novas regras serão implementadas a partir do dia 12 de abril

Novas regras de trânsito passam a vigorar a partir de segunda-feira (12). As mudanças no Código Nacional de Trânsito alteram não apenas alguns pontos relativos às Carteiras Nacionais de Habilitação (CNH), mas também implementam novas condições para motos e bicicletas.

Com relação as motos, a mudança principal é a idade mínima permitida, que antes era de sete e passa a ser 10 anos. Os motociclistas ainda necessitam trafegar nas vias com capacetes que tenham a viseira de proteção, do contrário estão sujeitos a uma infração média. A gravidade da multa para quem pilotar com os faróis apagados passará a ser média, atualmente considerada gravíssima.

As novas regras de trânsito ainda não preveem o impedimento de motocicletas em corredores de carros. O texto original previa que só seria permitido o trafego entre carros com o trânsito lento ou parado. No entanto, este ponto específico foi vetado pelo presidente Jair Bolsonaro. Sendo assim, os motociclistas podem trafegar entre os carros mesmo que o trânsito esteja fluído.

Já com relação as bicicletas, é possível destacar duas principais mudanças. Os motoristas que não reduzirem a velocidade do veículo ao ultrapassar um ciclista estará sujeito a uma multa gravíssima. A parada de carros e motos em ciclovia e ciclo faixas passará a ser tratada como infração grave.

Novas regras de trânsito também mudam a CNH

As novas regras de trânsito também estabelecem mudanças na CNH. Entre as principais mudanças do documento está a validade e o sistema de pontuação. Confira:

Para as carteiras de habilitação emitidas a partir de 12 de abril deste ano, há novos prazos de validade. Os motoristas com menos de 50 anos devem renovar a CNH a cada 10 anos. Ao passo que, os cidadãos com idade entre 50 e 70 anos, devem renovar o documento a cada cinco anos. Enquanto aqueles com mais de 70 anos de idade devem fazer a renovação de três em três anos.

Nota-se que para os documentos emitidos antes de abril deste ano valem os prazos de validade anteriores.

Pela regra antiga, a carteira de motorista é suspensa quando o motorista chega aos 20 pontos. Então, confira a pontuação para suspensão que passa a valer a partir de 12 de abril:

  • 20 pontos, nos casos em que o motorista tiver duas ou mais infrações gravíssimas na pontuação;
  • 30 pontos, nos casos em que o motorista tiver uma infração gravíssima na pontuação;
  • 40 pontos, nos casos em que o motorista não tiver nenhuma infração gravíssima na pontuação.

Leia mais notícias em DCI.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes