Britney Spears: conheça o movimento #freeBritney e o que eles querem

O movimento #FreeBritney (Liberte Britney) quer defender Britney Spears da tutela do pai – que, segundo eles, é abusiva. Entenda melhor quais são as reivindicações do grupo!

Quem é que não lembra da cena icônica de Britney Spears careca? Esse foi um período conturbado na vida da cantora e resultou num processo que a deixou sob a tutela de seu pai. Desde 2008, a artista que foi estrela da MTV, tem suas decisões tomadas por ele, mas agora ela está pedindo liberdade. Os fãs tomaram a frente apoiando a estrela com o movimento #FreeBritney (Liberte Britney).

 

Britney Spears ficou careca em surto em 2007
Imagem: Reprodução / Pinterest

 

O que é o estado de tutela

Desde 2008, Jamie Spears (o pai de Britney Spears), detém a tutela da cantora. Nos Estados Unidos, decidem por esse status quando alguém é considerado incapaz de tomar as próprias decisões.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

No caso de Britney, isso aconteceu devido ao período difícil que passou em 2007. Na época, ela admitiu ter consumido de bebidas alcoólicas e outras drogas em excesso. Nesse hiato, teve problemas até mesmo com a guarda de seus filhos.

Dessa forma, o pai da princesa do pop cuida de toda a carreira e vida pessoal da filha, sendo que todas as decisões são tomadas por ele.

 

Jamie Spears detém a tutela da filha
Imagem: -Hollywoodiha.ir (Reprodução / Instagram)

 

Em 2019, a tutela foi passada temporariamente para Jodi Montgmomery, pois a família Spears passou por um momento complicado: Jamie teve que passar por duas cirurgias para corrigir problemas devido à ruptura do cólon e Britney foi internada em uma clínica de reabilitação por causa de estresse.

 

Britney Spears pede liberdade

 

Hoje Britney Spears tem 38 anos e já está há mais de 10 anos sob a tutela de seu pai, James tem sua tutela. No entanto, isso não significa que essa seja a sua vontade. Em maio deste ano, a tutela foi prorrogada até agosto. Porém, a estrela já expressou que não quer mais viver sob as decisões do pai.

 

Britney Spears pede liberdade da tutela de seu pai
Imagem: Britney Spears (Reprodução / Instagram)

Em setembro, ela pediu para que o processo da sua tutela não ocorra mais em segredo de justiça. Isso porque não existem crianças envolvidas ou problemas médicos que justificassem a privacidade dos trâmites.

Não apenas isso, se mostrou a favor das reivindicações do movimento Free Britney – no qual, fãs pressionam o pai da cantora a liberá-la de sua tutela. Ela entrou com um pedido para a Suprema Corte da Califórnia para que o seu pai não seja mais o seu tutor.

Segundo os documentos entregues à Justiça pelo advogado da cantora, Samuel Ingham, a princesa do pop pede para que Jodi Montgomery assuma a posição.

Além disso, ainda solicitou que a empresa Bessemer Trust tome conta de suas finanças. Isso seria uma estratégia de Britney Spears para remover o controle do pai no que diz respeito ao seu patrimônio – avaliado em US$ 200 milhões.

Segundo um comunicado emitido por advogados dela:

“Britney é fortemente contra seu pai continuar como único tutor do patrimônio dela. Ao invés disso, sem desistir em nenhuma maneira de seu direito de pedir pelo fim dessa tutela no futuro, ela prefere firmemente ter um fiduciário corporativo qualificado para trabalhar nessa função”.

Além disso, o comunicado alega que a cantora não tem nenhuma deficiência de desenvolvimento, nem é paciente de nenhuma instituição médica. Portanto, não teria nada que motivasse a tutela.

 

O que alega o movimento #FreeBritney

O movimento #FreeBritney
Imagem: Free Britney Movement (Reprodução / Instagram)

 

Com o julgamento, a hashtag #FreeBritney levou fãs do mundo todo torcerem pela liberdade da cantora. No mês passado, no dia em que devia ter ocorrido a audiência da tutela, os fãs compareceram em marcha pela liberdade da cantora. Segurando cartazes, protestavam para Britney Spears conseguir retomar a autonomia de sua vida pessoal e financeira.

Além disso, os fãs acreditam que Jamie Spears não leva a tutela de forma sadia. Muitas pessoas acreditam que ele se beneficia do patrimônio da filha, desviando dinheiro. Além disso, têm suspeitas de que ele já agrediu um dos filhos de Britney Spears. Para completar, também acreditam que em 2019 o pai internou a cantora em uma clínica de reabilitação, contra a sua vontade.

Segundo a petição Free Britney no change.org, Jamie não permitia que ela dirigisse sozinha.
“O pai dela não permite que ela dirija, todas as suas chamadas e mensagens são monitoradas, ela não tem permissão para votar, sair com ninguém ou gastar seu dinheiro sem permissão. E se ela quebra uma ‘regra’, ele ameaça levar seus filhos embora”, afirma uma petição que conta com mais de 100.000 assinaturas.

 

Manifestações da família de Britney Spears sobre o movimento

 

Segundo Jamie, em entrevista para o The Post, todos os boatos não passam de “uma piada”.

“Todas essas pessoas que fazem teorias da conspiração não sabem de nada. O mundo não tem ideia. O tribunal da Califórnia é que deve decidir o que é melhor para a minha filha. Isso não interessa a mais ninguém”.

 

A respeito dos boatos sobre estar roubando Britney Spears, ele afirmou “Eu tenho que declarar cada centavo gasto para o tribunal anualmente. Como estaria roubando alguma coisa?”

Já para o irmão de Britney o movimento #FreeBritney é legítimo, apesar de entender que a tutela foi necessária no início. Para ele, o surto vivido em 2007 pela irmã foi um período “assustador”.

 

O que dizem os familiares a respeito da tutela de Britney Spears
Imagem: Reprodução / Pinterest

 

Contudo, em entrevista ao podcast “As Not Seen On TV”, ele disse que:

“Ela sempre quis sair disso (da tutela)… é muito frustrante ter isso. Seja alguém que vem em paz para ajudar, ou alguém que chega com uma má atitude, ter alguém lhe dizendo constantemente para fazer algo deve ser frustrante”.

Sobre o movimento #FreeBritney em si, ele disse: “Eu não sei ao certo o que (os fãs) querem dizer… Eu sei que eles sentem que é tipo, talvez ela esteja sendo mantida confinada, ou detida contra sua vontade, mas eu realmente não posso falar por eles”.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes