A Fazenda 2020: peões criticam prova do fazendeiro e produção

Stéfani Bays declarou que a prova do fazendeiro foi ‘estranha’, enquanto Lipe Ribeiro apontou erros

Os peões de A Fazenda 2020 criticaram a última prova do fazendeiro criada pela produção do reality show nesta quinta-feira (10).  A disputa não foi compreendida pelos peões, além de ter confundido a própria organização do reality show, que voltou atrás sobre a vitória de Jojo Todynho. A prova está sendo reavaliada.

A Fazenda 2020: Record é criticada por telespectadores após ‘erro’

“Foi a prova mais estranha que fiz na vida”, disse Stéfany Bays, que também disputou o chapéu de fazendeiro com Lipe Ribeiro e a cantora. Logo em seguida, Jojo tentou explicar a confusão gerada na prova.

“O que aconteceu? O Lipe mirou na Teté e ela nele. Eles ficaram na rivalidade entre os dois e sobrou a minha cor. Sobrou 4 minha e 1 dela. A cor que sobrasse era o fazendeiro”, contou a intérprete de Que Tiro Foi Esse?, que foi repreendida pela colega de confinamento.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

“Não. A gente não ficou em rivalidade. A gente entendeu o quê? Que quem derrubasse a cor primeiro seria o fazendeiro. Aí, ele começou a mirar na cor roxa, que era minha e eu na cor verde”, explicou. “Então vocês não entenderam a explicação. O que sobrasse no painel era o fazendeiro”, retrucou Jojo.

Lipe pede revisão da prova do fazendeiro em A Fazenda 2020

Lipe Ribeiro deu detalhes de como a prova funcionou e explicou que pediu uma revisão para a produção de A Fazenda 2020. “A prova estava tão bagunçada, que não dava pra ir pra um lado e nem pro outro. Era um circuito, a gente parava com as bolinhas e mirava nas cores do negócio que ia girando. A gente entendeu o quê? Quem mirava numa cor eliminava o outro. Ele ficou mirando na roxa e eu na verde. Eu pensei: ‘eu derrubei todas as verdes e pensei que ele falaria que eu seria o novo fazendeiro’. Aí, ele falou que a cor amarela sobrou e a Jojo era a nova fazendeira. A gente pediu explicação da prova”, iniciou.

“Eu pedi revisão. Tava caindo muito verde, que era o meu, e a Teté mais rápida. Falei ‘vou jogar na Teté’ e começou eu contra a Teté. Só que a Teté quebrou o verde e acabou o meu primeiro. Ou seja, era pra eu sair, só que não tinham que tinha quebrado meu e eu tirei a Teté. Era pra Teté ter continuado. Era pra vocês duas continuarem. Não dava pra saber o que tava quebrado ou rachado. Muito mal feito. Nada dava pra saber”, completou Lipe.

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes