A Fazenda 2020: relembre os maiores erros da produção do reality

Produção de A Fazenda 12 colecionou inúmeros erros ao longo de três meses de reality show; confira

A Fazenda 2020 chega ao fim na noite desta quinta-feira (17), mas ao longo de três meses, a produção protagonizou inúmeros erros. Em prova do fazendeiro, por exemplo, pelos menos em duas ocasiões, a produção deslizou e revoltou o público do reality show. Além disso, algumas infrações foram, digamos, ‘perdoadas’. O DCI lista os maiores erros da produção do reality show rural apresentado por Marcos Mion.

Playplus

Principal queixa do público que acompanha A Fazenda 2020, o Playplus, serviço da RecordTV, errou feio ao não entregar 100% do conteúdo do reality show ao vivo. Isso porque, em diversas ocasiões, a câmera deixava de focar nos participantes para focar, por exemplo, na piscina e nos animais.

Nas redes sociais, por diversas vezes, o nome da plataforma e o da Record foram parar nos assuntos mais comentados. Nas reclamações, o público destacava o fato de pagar uma assinatura mensal de R$ 12,90 e não poder assistir aos peões em alguns momentos.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Biel perdoado

No final de outubro, Biel quebrou uma das regras de A Fazenda 2020. O hoje finalista falou o conteúdo da chama vermelha para Victória Villarim, o que é proibido. Na ocasião ele tinha os poderes do lampião, conquistados na prova de fogo. Apesar dos pesares, a produção não puniu o participante.

Prova do Fazendeiro em A Fazenda 2020

Só que a falta de punição a Biel por infringir as regras do reality show custou caro para a produção de A Fazenda 2020. Isso porque, no dia seguinte, Marcos Mion entrou ao vivo durante a tarde para anular o poder vermelho que estava com Victória. Na ocasião, Tays Reis havia sido indicada à roça, mas foi salva por Vic, que colocou Raissa Barbosa no lugar.

O problema é que após tentar consertar pela metade o erro de Biel, a produção derrapou na matemática durante a prova do fazendeiro. Lipe Ribeiro, Tays e Jakelyne Oliveira participaram da prova. Na ocasião, por um erro grosseiro da direção de prova, Tays perdeu o chapéu de fazendeira para Jake.

A prova foi refeita somente no dia seguinte, consagrando Jake a manda-chuva na ocasião. A votação, que havia sido cancelada, foi retomada do zero e de forma relâmpago após a prova do fazendeiro ser refeita.

De novo

Na semana passada, a produção de A Fazenda 2020 voltou a derrapar em uma prova do fazendeiro. Dessa vez, um erro lógico fez a equipe do reality show colocar mais uma estrelinha em sua agenda de erros.

Os participantes precisavam pegar duas bolinhas e passar por alguns obstáculos armados em uma estrutura gigante. Ao chegar do outro lado, eles davam de cara com um painel cheio de peças coloridas, cada cor representava um participante: amarelas eram de Jojo Todynho, verdes de Lipe Ribeiro e roxas de Stéfani Bays. Na explicação da prova, quem tivesse todas as peças quebradas era eliminado da disputa. Lipe foi o primeiro a ser eliminado, mas a produção mandou seguir a prova. No entanto, Jojo foi coroada fazendeira.

Mas, após reclamação de Lipe e Stéfani Bays, a produção suspendeu o chapéu de fazendeiro da cantora de Que Tiro Foi Esse? e analisou a prova novamente. Sté e Jojo então refizeram a prova, mas Jojo acabou perdendo o chapéu.

Merchandising da Coca-Cola em A Fazenda 2020

Por fim, a produção de A Fazenda 2020 coroou o reality show com um último erro grosseiro. No programa desta quarta-feira (16), a RecordTV exibiu uma ação da Coca-Cola, mas nem tudo saiu como a marca patrocinadora esperava. Isso porque, a produção colocou na tela o QR Code que direcionava para uma outra marca, a Americanas. A emissora não explicou o erro.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes