Príncipe Harry e Meghan Markle processam paparazzi por fotos ilegais de filho

Príncipe Harry e Meghan Markle registraram queixa na Califórnia após drones serem usados para obter fotos de seus filho Archie.

Príncipe Harry e Meghan Markle processam nos Estados Unidos após drones supostamente serem usados para obter fotos de seus filho Archie.

Segundo o advogado, o casal tenta impor limites à mídia e proteger o direito de seu jovem filho à privacidade dentro de sua própria casa.

 

Príncipe Harry e Meghan tomam atitudes

 

Uma queixa registrada em Los Angeles, California, na última quinta-feira (22) relata que desconhecidos fotografaram o menino de 14 meses em sua residência em Sussex durante a quarentena.

O casal real alega que as fotos são invasão de privacidade, mencionando as leis de privacidade da Califórnia.

harry e meghan processam 2
Reprodução/ Folha Vitória

Príncipe Harry e Meghan se mudaram para a Califórnia após abrirem mão de seu status de realeza no final de março.

Michael Kump, o advogado do casal, disse: “Todo indivíduo ou familiar na Califórnia tem garantido por lei o seu direito à privacidade em seu lar. Nenhum drone, helicóptero ou teleobjetiva pode violar esse direito.

O Duque e a Duquesa de Sussex estão dando andamento ao processo para proteger o direito de seu filho à privacidade em seu lar, sem a invasão de fotógrafos, e para revelar e parar os que buscam obter lucro através de ações ilegais.”

 

Paparazzis passam dos limites (até com os vizinhos)

 

O advogado ainda mencionou que os paparazzi chegam a extremos como usar drones a apenas seis metros da casa, três vezes ao dia, para obter fotografias de Harry e Meghan, assim como e seu filho.

Além disso, segundo ele, os vôos tanto de drones quanto de helicópteros não têm hora para começar ou terminar, tendo se tornado um transtorno mesmo para os vizinhos.

Por exemplo, o advogado alega que em algumas ocasiões as rondas tiveram início tão cedo quanto 5h, seguindo até horários como 19h,

Dessa forma, os paparazzi perturbam não apenas o duque e a duquesa, mas também toda as pessoas que residem nas redondezas.

Mas isso não é tudo: na falta de drones, alguns paparazzi estão fazendo buracos na cerca e segurança de segurança do casal para espiar através dela.

 

Outros esforços de Harry e Meghan para defender sua privacidade

 

Antes de mais nada, essa não é a primeira tentativa do casal de demonstrar que não será tolerante com as invasões da mídia.

Não é nenhum segredo que muitas celebridades sofrem com esse tipo de problema.

Príncipe Harry e Meghan Markle já processaram tablóides no passado por revelarem informações sobre sua localização no Canadá.

harry e meghan processam 3
Reprodução/ Revista Cláudia

Em uma outra ação legal contra a publicação Daily Mail, Meghan alega quebra de privacidade e violação de direitos autorais.

Além disso, documentos legais registram o sentimento da duquesa de estar desprotegida pela instituição da Monarquia.

Meghan demonstrou profunda insatisfação na ocasião, dizendo não poder defender a si mesma contra ataques da mídia durante sua gravidez.

O seu desgaste durante o episódio foi notável até mesmo para seus amigos, que manifestaram preocupação com a duquesa.

Portanto, esse poderia ser um dos motivos para o afastamento do casal da realeza britânica e de seus protocolos.

Todas as informações são do jornal BBC UK.

 

 

Informar Erro

- continue lendo -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes