Quem recebe dois saques do PIS 2022? Grupo vai receber em dobro

Saiba quem tem direito a receber abono em dobro

O PIS começou a ser pago nesta terça-feira, 8 de fevereiro, a cerca de 22 milhões de trabalhadores brasileiros de empresas privadas. O benefício é referente ao ano-base 2020, cujo calendário foi adiado para este ano, e o valor pode chegar a um salário mínimo. No entanto, 154 mil pessoas devem receber dois saques do PIS 2022 porque, segundo o Ministério do Trabalho e da Previdência, houve um erro no processamento do abono referente a 2019. Saiba quem recebe.

Quem recebe dois saques do PIS em 2022?

O Programa de Integração Social (PIS) é destinado aos trabalhadores com carteira assinada que trabalharam em empresas privadas em 2020, mas 154 mil brasileiros poderão receber o depósito em dobro devido a um erro de processamento do abono de 2019, que foi identificado pelo governo. Os valores serão depositados diretamente na conta social da Caixa Econômica Federal e, por isso, quem recebe dois saques do PIS 2022 não precisa ir até uma agência bancária.

Tem direito ao PIS 2022 quem trabalhou por pelo menos 30 dias em 2020 e recebeu até dois salários mínimos por mês. O valor varia de acordo com a quantidade de meses trabalhados, ou seja, quem trabalhou o ano todo recebe R$ 1.212, quem trabalhou três meses recebe um terço do salário e assim por diante. O pagamento do abono referente ao ano passado foi adiado.

Já o valor do PIS referente a 2019 é de, no máximo, R$ 1.100 (valor do salário mínimo em 2021). Portanto, os 154 mil trabalhadores que não tiveram o abono de 2019 depositado por causa do erro de processamento no pagamento poderão receber até R$ 1.312.

Quem não sacou o PIS 2019 pode solicitar o recebimento este ano

Além dos 154 mil trabalhadores que foram prejudicados pelo erro de processamento, mais 320 mil estarão aptos a receber dois benefícios este ano. Isso porque, segundo o Ministério do Trabalho e Previdência, essas pessoas não realizaram o saque do PIS referente a 2019 no prazo (que era até 30 de junho de 2021). Por lei, o saque pode ser feito em até cinco anos e, por isso, os beneficiários podem fazer a solicitação em 2022. Mas isso só será possível depois do fim do calendário do abono de 2020, em 31 de março.

O abono salarial do PIS 2022 será pago a quem:

– Trabalhou por pelo menos 30 dias em empresas privadas com carteira assinada em 2020 ou como Pessoa Jurídica;

– Recebeu até dois salários mínimos por mês;

– Tem cadastro correto na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS)/eSocial há pelo menos cinco anos – esses dados são informados ao governo pelo empregador.

Fundo PIS/Pasep também poderá ser sacado

Há ainda uma terceira leva de pessoas que podem receber mais do que um salário mínimo este ano. Trata-se de cerca de 10 milhões de brasileiros que podem realizar o saque. O montante chega a R$ 23 bilhões, segundo o governo, e é referente ao Fundo PIS/Pasep, que é pago uma única vez na vida.

Essas cotas são para trabalhadores que tinham carteira assinada entre 1971 e 1988. Em caso de falecimento do beneficiário, os herdeiros podem solicitar o saque. Para consultar, o trabalhador da rede privada pode entrar em contato com a Caixa pelo número 0800 726 0207 (ligação gratuita). Já para quem é funcionário público, o atendimento é feito pelo Banco do Brasil, no telefone 0900 728 0001, pelo site ou aplicativo do banco.

Calendário PIS 2022

Confira as datas de pagamento do PIS 2022 de acordo com o mês de aniversário. Os saques podem ser feitos a partir dessas datas até dia 29 de dezembro.

  • Nascidos em janeiro: 08 de fevereiro
  • Nascidos em fevereiro: 10 de fevereiro
  • Nascidos em março: 15 de fevereiro
  • Nascidos em abril: 17 de fevereiro
  • Nascidos em maio: 22 de fevereiro
  • Nascidos em junho: 24 de fevereiro
  • Nascidos em julho: 15 de março
  • Nascidos em agosto: 17 de março
  • Nascidos em setembro: 22 de março
  • Nascidos em outubro: 24 de março
  • Nascidos em novembro: 29 de março
  • Nascidos em dezembro: 31 de março

As exceções ao calendário são os trabalhadores que vivem nas cidades de Minas Gerais e Bahia que decretaram estado de calamidade pública por causa das fortes chuvas. Todos já podem sacar o dinheiro, independentemente do mês de aniversário.

Vídeo: assista as principais informações sobre o PIS em anúncio da Caixa:

Acompanha as últimas notícias sobre o PIS no DCI

Você pode gostar também