Elon Musk: como ele se tornou um dos homens mais ricos do mundo

O americano tornou-se o quarto homem mais rico do mundo após uma alta de 13% nas ações da Tesla, sua empresa de inovação e veículos elétricos.

0 232

Como CEO da SpaceX e Tesla, fundador da The Boring Company e cofundador da OpenAI e Neuralink, Elon Musk parece estar em todos os lugares ao mesmo tempo, promovendo todos os tipos de tecnologias futurísticas. Ele disse que não ficará feliz até que escapemos da Terra e colonizemos Marte .

Entre foguetes espaciais, carros elétricos, baterias solares e os bilhões que ganhou ao longo do caminho, Musk é basicamente um Tony Stark da vida real – e é por isso que ele serviu de inspiração para o filme “Homem de Ferro” de 2008 da Marvel.

Ao ler essas informações sobre um dos mais bem-sucedidos empresários do mundo, você pode se questionar: Como Elon Musk fez sua fortuna? Para responder isso, o DCI separou os principais feitos desse controverso sucesso da tecnologia, com base em sua biografia 

Quem é Elon Musk?

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Elon Musk aos 12 anos de idade
Então com 12 anos, Elon Musk já sabia programar e ganhou US$ 500 dólares criando um jogo. Fonte: Acervo Pessoal da família Musk

Mas nem sempre foi fácil para Musk. Foi assim que ele deixou de ser intimidado na escola e se tornou um pequeno empresário e, eventualmente, o CEO de duas grandes empresas que parecem ter saído da ficção científica – e como ele quase faliu no meio do caminho.

Nascido em 1971 na cidade de Pretória, na África do Sul, Elon Musk começou a se interessar por tecnologia ainda criança. Quando tinha apenas 12 anos já sabia programar e assim conseguiu conquistar seu primeiro pagamento.

Na ocasião, Musk criou um videogame chamado ‘Blastar’ para uma revista, que o comprou por US$ 500 – nada mal para quem tem 12 anos. Aos 18 anos se mudou para o Canadá e trabalhou cortando madeira e limpando a sala de caldeira de uma serraria. Seu salário era de US$ 18 dólares a hora (um valor incomum para 1989). 

Depois de se formar no ensino médio, Musk mudou-se para o Canadá com sua mãe Maye, sua irmã Tosca e seu irmão Kimbal, e passou dois anos estudando na Queen’s University em Kingston, Ontário.

Mas ele terminou seus estudos na Universidade da Pensilvânia, e se formou em física e economia.

O espírito empreendedor de Musk nunca se perdeu, mas ele voltou com tudo durante um estágio no Banco da Nova Escócia. A oportunidade de estágio surgiu para o criador da Tesla e seu irmão, Kimbal Musk, após cold call (técnica de venda por telefone) a um executivo do banco. O salário e o emprego foram o pontapé para os irmãos Musk fundarem sua primeira empresa.

Como Elon Musk começou a ganhar dinheiro?

A primeira empresa criada por Elon Musk e seu irmão foi a Zip2, um software que atuava como versão online de um guia para contato de empresas e clientes/usuários. O negócio e o produto precisaram de um investimento de US$ 28 mil do pai dos irmãos Musk, porém foi um enorme sucesso. Em 1999, apenas quatro anos após a criação do software, a Zip2 foi vendida por US$ 307 milhões, rendendo a Elon Musk US$ 22 milhões.

Com metade do valor levantado na venda de sua primeira empresa, Musk cofundou a X.com, uma empresa online de serviços bancários. Após sua fusão com a empresa rival, a X.com mudou seu nome para PayPal, e Musk  tornou-se o acionista majoritário. Em 2002, Elon Musk vendeu o PayPal ao Ebay e faturou US$ 180 milhões com sua parte da empresa.

O PayPal pavimentou todo o caminho para a forma que pagamentos online seriam pensados e também foi um importante marco para Elon Musk aumentar o seu patrimônio. Ele pode não ser reconhecido por isso, mas Musk foi muito importante ao desenvolvimento do  banking online.

Elon Musk aparece apoiado em computador com logo do PayPal como fundo de tela
Elon Musk usou o dinheiro da venda do PayPal para fundar a SpaceX. Fonte: Divulgação/PayPal

SpaceX, Tesla e Solar City

Com maior ambição e mais dinheiro no bolso, Elon Musk voltou seu olhar à tecnologias inovadoras e o espaço. Após a venda do PayPal, e assim criou a SpaceX, sua empresa de exploração espacial, e co-fundou a Tesla. Essas empresas são as principais marcas responsáveis por alavancar a fortuna de Musk. Apesar de hoje estar estabelecido, entre 2008 e 2009 o empreendedor chegou a falir e quase pôs tudo a perder durante o divórcio de seu primeiro casamento.

Na ocasião, Musk afirmou que sobrevivia de empréstimos de amigos para poder sobreviver e tentar manter suas empresas, mas o jogo virou quando a Tesla tornou-se uma empresa pública em 2010. Em 2012, o sul-africano já figurava na lista de bilionários da Forbes com ‘apenas’ US$ 2 bilhões.

  • SpaceX -Mesmo antes da venda do PayPal, Musk já sonhava com seu próximo movimento, incluindo um plano maluco de enviar ratos ou plantas a Marte. No início de 2002, Musk fundou a empresa que seria conhecida como Tecnologias de Exploração Espacial, ou SpaceX, com $ 100 milhões do dinheiro recebido com a venda do PayPal. O objetivo de Musk era tornar o voo espacial mais barato por um fator de 10.
  • Tesla – Musk também tem se mantido bastante ocupado aqui na Terra, especialmente com a Tesla Motors. Em 2004, o empresário fez o primeiro do que seriam $ 70 milhões de investimentos totais na Tesla, uma empresa de carros elétricos cofundada pelo veterano executivo de startups Martin Eberhard.
  • Solar City – Como se isso não bastasse, Musk teve a ideia da SolarCity, uma empresa de energia solar. Musk deu a seus primos Peter e Lyndon Rive o capital de giro para fazer a SolarCity decolar em 2006. (No final de 2016, a Tesla comprou a SolarCity em um negócio de $ 2,6 bilhões.)

O que Elon Musk inventou?

De fato, parece que não há nada que Elon Musk não possa fazer. Veja algumas de suas invenções:

Foguete Falcon 9

Desde 2002, os principais objetivos da SpaceX são a redução do custo de transporte espacial e a colonização de Marte. Para buscar atingir uma de suas missões, Elon Musk inventou o foguete Falcon 9, uma tecnologia de propulsão espacial que consegue ser reutilizada em mais de um lançamento. A inovação de Musk é um sucesso e já conseguiu realizar algumas missões de reabastecimento para a Estação Espacial Internacional (ISS). Estima-se que cada foguete construído pela SpaceX é reutilizado para até dez viagens. O impacto da tecnologia é tão grande que até a NASA fechou uma parceria com a empresa para levar tripulantes à ISS. Foi a primeira vez que a estatal norte americana busco uma empresa privada para realizar uma viagem espacial – certamente, um importante marco da carreira da Elon.

Você pode ver o primeiro lançamento tripulado do Falcon 9 abaixo:

Jato elétrico Model V

Este ainda não é um projeto finalizado ou construído por Elon Musk, mas o bilionário já afirmou ao MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts) estar “brincando” com o conceito de um jato movido a energia elétrica. Em algumas outras entrevistas o Tony Stark da vida real explicou o conceito do jato elétrico VTOL (Decolagem e Pouso vertical). A ideia básica é que um motor elétrico movimentaria a turbina de propulsão da aeronave. Um ponto positivo da invenção seria que aeroportos poderiam ser menores, afinal a decolagem e o pouso verticais não necessitam de tanto espaço quanto uma aeronave “normal”. Fora isso, a redução do uso de energia fóssil (prejudicial ao meio ambiente) diminuiria o impacto ambiental de viagens aéreas. Ainda não existe um design da invenção, mas podemos esperar a tecnologia em um futuro provavelmente próximo.

 

Qual a fortuna de Elon Musk?

Elon Musk se tornou o quarto homem mais rico do mundo após uma alta de 13% nas ações da Tesla, sua empresa de inovação e veículos elétricos. Conforme divulgado no Índice de Bilionários Bloomberg, a fortuna do empresário está avaliada em US$ 84,8 bilhões. Somente em 2020, ele aumentou seu patrimônio em US$ 57,2 bilhões, mesmo com a crise econômica causada pelo coronavírus.

Surpreendentemente, mesmo com o tamanho de sua fortuna, Musk não consegue parar de trabalhar. Segundo o próprio, desde que fundou a SpaceX em 2002 ele só tirou duas semanas para descansar. Outra informação interessante é que Musk construiu sua fortuna sem aceitar sequer um dos seus pagamentos pelo cargo de CEO da Tesla – o salário abandonado é avaliado em US$ 56 mil. No atual momento, a principal expectativa da empresa é a sua entrada no índice S&P 500.

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes