Saque do auxílio emergencial: nascidos em julho já podem sacar

Há mais cinco datas de liberação para saques e transferências do auxílio emergencial, relacionadas aos nascidos de agosto a dezembro

Nesta sexta-feira , dia 15 de janeiro de 2021, a Caixa Econômica Federal libera os nascidos em junho para saque do auxílio emergencial. Então, é possível retirar o dinheiro em espécie ou transferir os valores referentes às duas últimas parcelas do benefício. As datas para saques seguem até o dia 27 de janeiro.

Antes dessa liberação para saques e transferências, os beneficiários já podiam movimentar o dinheiro através do aplicativo Caixa Tem. Nesta plataforma, pode-se pagar contas domésticas e boletos, bem como para fazer compras online com o cartão de débito virtual.

Quem pode sacar as últimas parcelas do benefício hoje?

A partir de hoje, cerca de 3,4 milhões de beneficiários que fazem aniversário no mês de junho podem sacar ou transferir os valores das duas últimas parcelas do auxílio emergencial. Isso vale para os inscritos no auxílio via Cadastro Único, aplicativo ou site da Caixa.

As parcelas finais foram depositadas em poupança social digital nos dias 02 e 20 de dezembro. Ao passo que, fazem parte dos ciclos 5 e 6 do auxílio emergencial, respectivamente.

Como sacar o auxílio emergencial?

É possível realizar o saque do auxílio emergencial com cartão da conta poupança da Caixa. Já para saques sem cartão, é necessário acessar o aplicativo Caixa Tem, que pode ser baixado na loja de aplicativos do celular. Veja o passo a passo:

  1. Faça login no aplicativo Caixa Tem;
  2. Clique na opção “Saque sem cartão”;
  3. Em seguida, aperte em “Gerar código para saque” ;
  4. Então, clique em “Gerar código”;
  5. Depois disso, é necessário digitar a senha usada para entrar no aplicativo para confirmar a operação;
  6. Por fim, aparecerá um código de seis números, o qual deverá ser usado em até uma hora para sacar o dinheiro em caixa eletrônico, casa lotérica ou correspondente Caixa Aqui.

- PUBLICIDADE -

Agora, veja o que é preciso fazer para sacar o dinheiro no caixa eletrônico após gerar o código:

  1. No caixa eletrônico clique no botão verde “Entra”;
  2. Depois, escolha o item de “Saque Auxílio Emergencial”;
  3. Feito isso, a orientação é digitar o CPF e apertar em “Confirmar”;
  4. Em seguida, digite o código gerado anteriormente no aplicativo Caixa Tem;
  5. Por fim, escolha o valor e aperte em “Entra”.

Como transferir valores pelo Caixa Tem

Além do saque do auxílio emergencial, também estão liberadas as transferências das parcelas finais. O processo é feito pelo aplicativo Caixa Tem, veja o passo a passo:

  1. Faça login no aplicativo Caixa Tem;
  2. Clique na opção de “Transferir dinheiro”;
  3. Depois disso, digite os dados da conta que se deseja transferir (que pode ser uma conta de sua titularidade), o valor da transferência e clique em “Confirmar”;
  4. Informe a senha de cadastro no aplicativo para concluir a operação;
  5. Será possível ainda salvar ou compartilhar o comprovante.
Leia também

Saída da Sony do Brasil: quais produtos não serão vendidos?

Relembre as promessas de Bolsonaro sobre os preços da…

Quantas parcelas os beneficiários receberam?

Os beneficiários do auxílio emergencial receberam cinco parcelas de R$ 600 (ou R$ 1200 para mães chefe de família). Depois disso, passaram a pegar até o fim do ano parcelas do auxílio residual de R$ 300 (ou R$ 600 para mães chefe de família). Veja as quantidades de parcelas totais a depender do lote em que o cidadão entrou no programa:

  • Beneficiário que recebeu a 1ª parcela em abril pega 9 parcelas no total;
  • Beneficiário que recebeu a 1ª parcela em maio pega 8 parcelas no total;
  • Beneficiário que recebeu a 1ª parcela em junho pega 7 parcelas no total;
  • Beneficiário que recebeu a 1ª parcela em julho pega 6 parcelas no total;
  • Beneficiário que recebeu a 1ª parcela a partir de agosto pega 5 parcelas no total.

- PUBLICIDADE -

Para os beneficiários de fora do Bolsa Família, o pagamento do auxílio emergencial foi dividido em seis ciclos com datas para depósito em conta digital e para liberação de saques e transferências. Seguindo a ordem do mês de nascimento dos cidadãos. O último depósito do benefício em poupança social digital foi feito no dia 29 de dezembro. Ao passo que a liberação para saque do auxílio emergencial segue até dia 27 de janeiro.

Já para os inscritos no Bolsa Família os pagamentos finais ocorreram entre os dias 10 e 23 de dezembro. O calendário seguiu a ordem do final do Número de Identificação Social (NIS) e ocorreu nos dez últimos dias úteis de cada mês.

O auxílio emergencial será prorrogado em 2021?

Não há confirmação sobre uma prorrogação do auxílio emergencial em 2021. Mas existem ao menos seis projetos de lei que pedem pela extensão do benefício neste ano, tanto de autoria de senadores quanto de deputados.

Além disso, no início do mês do senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), autor de um desses projetos, apresentou requerimento solicitando sessão extraordinária do Congresso Nacional para discutir a continuidade do calamidade pública e a extensão do auxílio emergencial em 2021.

Próximas liberações para saques e transferências

O auxílio emergencial foi criado com a finalidade de amparar trabalhadores informais, autônomos e desempregados durante a pandemia da Covid-19. Por fim, há mais cinco datas de liberação para saques e transferências do auxílio emergencial, relacionadas aos nascidos de agosto a dezembro. Confira:

  • 18 de janeiro: liberação para nascidos em agosto
  • 20 de janeiro: liberação para nascidos em setembro
  • 22 de janeiro: liberação para nascidos em outubro
  • 25 de janeiro: liberação para nascidos em novembro
  • 27 de janeiro: liberação para nascidos em dezembro

 

- PUBLICIDADE -

Leia também:

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes