FGTS emergencial: o que acontece se o dinheiro que não for sacado?

O saque emergencial do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) foi transferido às contas Poupanças Social Digital abertas no nome dos trabalhadores. Se o valor não for retirado pelos cotistas, ele será devolvido às contas vinculadas do FGTS. Trabalhadores tiveram até esta segunda-feira (30) para movimentarem a conta Poupança Social.

 

O que acontece com o FGTS emergencial não movimentado?

A liberação do FGTS aos trabalhadores foi uma das ações do governo para minimizar os impactos da pandemia. Assim, aqueles que possuem carteira assinada podem sacar até R$ 1.045 de contas vinculadas ao fundo. Portanto, a liberação dos valores vai conforme o mês de nascimento do trabalhador, e a transferência é automática.

Dessa forma, o trabalhador que não tiver interesse em receber o saque emergencial do FGTS poderá solicitar o cancelamento do benefício. Assim, sem nenhuma perda, o dinheiro voltará integralmente à conta do FGTS. Entretanto, o trabalhador que não desejar o saque emergencial do FGTS não deve fazer nenhuma movimentação. Além disso, a Caixa também informou que se não houver movimentação na conta até o dia 30 de novembro o valor voltará ao Fundo, podendo ter saque até 31 de dezembro.

 

- PUBLICIDADE -

E se o trabalhador mudar de ideia e desejar retirar o valor?

Caso o trabalhador mude de ideia e decida retirar o dinheiro, ele pode solicitar à Caixa Econômica Federal até 31 de dezembro. “Caso o trabalhador queira receber o valor, poderá realizar a solicitação pelo aplicativo FGTS até o dia 31/12/2020. O valor será creditado na poupança social digital e poderá ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem”, informou o banco.

 

Como movimentar o saque emergencial FGTS de R$ 1045?

O saque pode ser feito em terminais de autoatendimento da Caixa, caixas eletrônicos, correspondentes Caixa Aqui e lotéricas.

Portanto, para ter acesso ao dinheiro em espécie é preciso gerar um código no aplicativo Caixa Tem. O passo a passo é clicar na opção “Saque sem cartão”, em “Gerar código para saque” e depois no item “Gerar código”. Nota-se que o código pode ter uso em até uma hora. Além disso, para transferir os valores basta clicar na opção “Transferir dinheiro” e inserir os dados da conta.

 

Leia também:

Como pagar conta com FGTS emergencial? Saiba usar app Caixa Tem

FGTS Emergencial: pagamentos acabam em novembro; veja prazos

- PUBLICIDADE -

Comentários (0)
Comentar