Fortuna de Messi: argentino pode se tornar o 4º atleta de US$ 1 bilhão

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Quatro títulos da Champions, dez do Campeonato Espanhol e a oportunidade de ver um dos melhores jogadores da história defendendo seu clube toda semana. O que Lionel Messi já conquistou para o Barcelona não tem preço, mas o clube fez questão de pagar uma fortuna para ele.

Até junho de 2021, quando terminaria seu contrato atual com o Barcelona, o argentino de 33 anos poderia embolsar mais US$ 92 milhões. Com esta quantia, de acordo com a revista Forbes, ele se tornaria o quarto atleta a alcançar a marca de US$ 1 bilhão em ganhos ao longo da carreira.

No entanto, esta marca pode demorar mais um pouco para ser atingida, pois Messi já avisou que pretende deixar o Barcelona depois de 16 temporadas no clube.

Fortuna de Messi

Apesar de estar perto de arrecadar seu primeiro bilhão, o patrimônio líquido do jogador é avaliado na casa dos 250 milhões de euros, ou R$ 1,6 bilhão na cotação atual. Mas a fortuna de Messi não veio apenas com os salários pagos pelo Barcelona. Segundo a Forbes, o argentino fatura cerca de US$ 33 milhões (R$ 185 milhões) por ano em contratos com patrocinadores.

Caso realmente se torne um jogador de US$ 1 bilhão, Messi será o segundo atleta de uma modalidade coletiva a alcançar a marca antes da aposentadoria. Afinal, o esportista mais rico do mundo é o astro do basquete Michael Jordan, que tem uma fortuna estimada em US$ 2,1 bilhões por ser o dono de 70% das ações do Charlotte Hornets, franquia da NBA.

Atletas bilionários

O golfista Tiger Woods foi o primeiro esportista a arrecadar US$ 1 bilhão durante a carreira. Ele atingiu a marca em 2009, somando suas premiações e contratos de parcerias. Em 2017, o pugilista Floyd Mayweather Jr. entrou para a lista, graças ao faturamento da luta contra o lutador de MMA Conor McGregor.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Em 2019, foi a vez de Cristiano Ronaldo se tornar um atleta de US$ 1 bilhão. Ele foi o primeiro jogador de esportes coletivos a alcançar tal quantia. De acordo com a Forbes, dos US$ 105 milhões que o craque português arrecadou na temporada passada, US$ 45 milhões vieram dos seus negócios fora de campo, incluindo um contrato vitalício com a Nike e a sua linha própria de roupas íntimas.

Futuro de Messi

O quarto atleta da história a somar US$ 1 bilhão ao longo da carreira tem tudo para ser Lionel Messi. Mas o futuro do craque argentino é incerto depois de uma temporada decepcionante do Barcelona. Principalmente após a eliminação da Champions League com uma goleada por 8 a 2 para o Bayern de Munique.

Além de terminar a temporada sem nenhum troféu pela primeira vez em sua carreira, Messi acumulou desgaste com a diretoria do Barcelona. A escolha do técnico e até a forma como o clube conduziu o corte de 70% dos salários dos atletas na pandemia deixaram o craque insatisfeito.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Para piorar, o uruguaio Luís Suárez foi avisado pelo técnico Ronald Koeman que não faz mais parte dos planos do clube. Suárez era o principal amigo de Messi no elenco do Barcelona, e os dois costumam passar as folgas juntos, em família.

UEFA.com

Quem vai ficar com Messi?

Apesar do comunicado enviado por Messi à diretoria informando o desejo de deixar o clube sem pagar multa, o Barcelona quer ficar com ele e só pretende liberá-lo antes do fim do contrato se algum clube depositar o valor de 700 milhões de euros (R$ 4,5 bilhões) referente à rescisão do contrato.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Além disso, poucos podem pagar o salário atual do craque. Mas vale lembrar que o regime tributário da Espanha é diferente de outros países, o que pode motivar a saída dele. A exemplo do que aconteceu com Cristiano Ronaldo, que trocou o Real Madrid pela Juventus para ganhar um salário bruto menor, mas com menos impostos para pagar.

Por enquanto, Messi segue recluso, e o mundo do futebol vive a expectativa pelo destino do craque. O Manchester City, de Pep Guardiola, e a Inter de Milão são os clubes mais citados. Pelo que se sabe sobre Messi, ele deve estar mais preocupado em ganhar troféus do que em somar seu primeiro bilhão. Resta saber qual clube oferecerá o melhor pacote ao craque.

Informar Erro
BarcelonaCristiano Ronaldofloyd mayewather jr.FortunaFutebollionel messitiger woods
Comentários (0)
Comentar

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -