O que foi a Invasão Corintiana ao Maracanã? Evento completa 45 anos

Entenda o que foi o acontecimento que levou torcedores do Corinthians ao Rio de Janeiro

Considerado um dos momentos mais marcantes da história do Corinthians, a Invasão Corintiana completa 45 anos no domingo, 5 de dezembro de 2021. Apesar da popularidade do evento, a história não é tão conhecida o quanto poderia por torcedores que não sejam alvinegros. Portanto, entenda o que foi a invasão corintiana.

O que foi a Invasão Corintiana?

A Invasão Corinthiana é como ficou conhecida a ida de milhares de torcedores do Sport Club Corinthians Paulista ao Maracanã, no Rio de Janeiro, para a semifinal do Campeonato Brasileiro de 1976 contra o Fluminense. O acontecimento começou antes, porém culminou na presença desses torcedores no dia 5 de dezembro.

Conhecida como uma das maiores presenças de públicos visitantes na história do futebol brasileiro e mundial, a invasão levou cerca de 70 mil corintianos ao Maracanã na tarde daquele domingo para ver o empate de 1 a 1 entre as equipes e classificação alvinegra nas penalidades máximas.

Dentre vários motivos que levaram ao evento, uma fala do presidente do Fluminense na época, Francisco Horta, foi determinante para provocar a torcida adversária. “Que os vivos saiam de casa e os mortos saiam das tumbas para torcer pelo Corinthians no Maracanã porque o Fluminense vai ganhar a partida”, declarou o tricolor.

Isso fez com que a torcida corintiana usasse todos os 70 mil ingressos destinados ao clube e quebrasse o recorde de tráfego na Via Dutra, de acordo com o Departamento Nacional de Estrada de Rodagem, que criou a “operação Corinthians” para possibilitar a chegada de todos ao Rio de Janeiro.

Além disso, o fato do time estar se aproximando da final da competição foi mais um fator que cooperou para a maciça viagem dos torcedores ao estado vizinho. Na época, o Corinthians não conquistava um título fazia 22 anos, tabu quebrado no Campeonato Paulista de 1977.

O público anunciado naquele dia foi de 146.043 pagantes no estádio, mas estima-se cerca de 170.000 de pessoas presentes no Maraca.

No jogo único pré-final, o Fluminense abriu o placar com Carlos Alberto Pintinho, aos 18 minutos, mas sofreu o empate corintiano, aos 30, com gol, de bicicleta, de Ruço. Na etapa final, a chuva inundou o gramado do Maracanã e nada mais aconteceu. Nos pênaltis, o goleiro Tobias, do Corinthians, defendeu duas penalidades e classificou o Timão para a decisão.

Na final, sem ingressos para a torcida alvinegra, com as estradas gaúchas fechadas pela polícia e temendo uma nova Invasão Corintiana, o Internacional venceu o Timão por 2 a 0 no jogo único e foi campeão do Brasileiro de 1976.

Quantos torcedores o Corinthians tem?

Estima-se que o Corinthians tenha cerca de 30 milhões de torcedores, o segundo maior número do Brasil atrás apenas do Flamengo. De acordo com uma pesquisa divulgada pelo Datafolha em 2019, 14% da população do país torcem para o Corinthians, o clube carioca tem uma taxa de 20%.

Segundo o levantamento, o Timão tem mais torcida na região Sul (11% contra 4%) e na região Sudeste (18% contra 17%). Enquanto isso, o Rubro-Negro tem ampla vantagem no Norte (39% a 10%), no Nordeste (27% a 9%) e no Centro-Oeste (27% a 9%).

De acordo com o Datafolha, a ordem, em número absoluto, é:

  • Flamengo: 20%
  • Corinthians: 14%
  • São Paulo: 8%
  • Palmeiras: 6%
  • Vasco: 4%
  • Cruzeiro: 4%
  • Grêmio: 4%
  • Santos: 3%
  • Internacional: 3%
  • Atlético-MG: 2%
  • Botafogo: 1%
  • Fluminense: 1%

Leia também: Injustiçado? Confira os números de Lewandowski em 2021

 

Você pode gostar também
buy cialis online