Quantas vezes o Corinthians foi rebaixado no Brasileirão?

Timão caiu para a Série B no ano de 2007, após um ano de problemas dentro e fora de campo.

Ao longo de seus 111 anos de história, o Corinthians possui diversas glórias e títulos. No entanto, os torcedores do Alvinegro também guardam na memória algumas mágoas do passado como o rebaixamento do clube no Campeonato Brasileiro. Mas quantas vezes o Corinthians foi rebaixado? Veja logo abaixo.

Quantas vezes o Corinthians foi rebaixado no Brasileirão?

O Corinthians possui até então apenas um rebaixamento em sua história no Campeonato Brasileiro de Futebol. A fatídica queda à Série B ocorreu na temporada de 2007, ano em que o clube terminou o Nacional em 17º, com apenas 44 pontos conquistados. Caíram junto com o Timão as equipes do América RN, Juventude e Paraná.

Naquela temporada, a equipe do Parque São Jorge ficou a um ponto do Goiás, primeira equipe fora da zona do rebaixamento. Entretanto, o empate do Timão na última rodada com o Grêmio, junto à vitória da equipe Esmeraldina contra o Internacional, culminaram no primeiro e único rebaixamento do Corinthians.

Entretanto, engana-se quem pense que o time do Timão começou mal o campeonato. Na temporada de 2007, a equipe chegou a liderar o campeonato na 6ª rodada e a primeira derrota ocorreu na rodada oito, mas diante do Palmeiras. A partir de então, a situação mudou e o clube só venceu novamente em seu jogo de número 17.

A equipe corintiana entrou na última rodada do Campeonato Brasileiro daquele ano, ainda com esperanças de permanecer na 1ª divisão. Mesmo com a derrota para o Vasco na partida anterior por 1 a 0, com gol de Alan Kardec, o Alvinegro ainda tinha chances matemáticas de evitar o rebaixamento.

No entanto, o empate com o Grêmio resultou em um dos momentos mais trágicos da equipe em sua história. No total, foram apenas 10 vitórias, 14 empates, mas 14 derrotas no Brasileirão de 2007. Além de não conseguir evitar o rebaixamento, o Corinthians viu seu rival São Paulo ser campeão e o Santos ficar na segunda posição.

Relembre no vídeo abaixo a queda do Corinthians à Série B:

Quem era o técnico do Corinthians no rebaixamento?

No ano de 2007, quatro treinadores passaram pelo Corinthians: Emerson Leão, Zé Augusto, Carpegiani e Nelsinho Baptista. Este último estava à frente da equipe na reta final do Campeonato Brasileiro, que culminou no rebaixamento do clube. No entanto, o ano da queda também foi marcada por escândalos da diretoria do clube.

Inúmeras denúncias sobre lavagem de dinheiro e formação de quadrilha decaíram sobre o então presidente do Corinthians na época, Alberto Dualib, e o seu vice, Nesi Curi. No mês de setembro, o mandatário renunciou o cargo após 14 anos e Andrés Sanchez assumiu o clube em busca de reestruturar a equipe.

O time base do Corinthians na época era: Felipe; Fábio Ferreira, Zelão e Betão; Carlos Alberto, Bruno Octávio, Moradei, Vampeta e Éverton Ribeiro; Lulinha e Clodoaldo.

Quanto tempo o Corinthians ficou na 2ª divisão?

A equipe do Corinthians ficou apenas uma temporada rebaixada. Para 2008, o presidente Andrés Sanchez contratou o treinador Mano Menezes, para iniciar o projeto de recuperação do clube. Curiosamente, o técnico era comandante do Grêmio na partida que então culminou na queda alvinegra no Brasileirão.

Com um time diferente daquele que foi rebaixado em 2007, a equipe corintiana conseguiu dominar a segunda divisão nacional. Foram 25 vitórias, 10 empates e apenas três derrotas em toda competição, e o acesso veio seis rodadas antes do término do campeonato. Para coroar a temporada, o clube ainda faturou o título da Série B. Naquele ano, o Timão ainda chegou à final da Copa do Brasil, mas perdeu o título para o Sport, de Recife.

A então equipe base do clube em 2008, ano do acesso, era: Felipe; Alessandro, Chicão, William e André Santos; Cristian, Elias, Douglas e Morais; Dentinho e Herrera

Você pode gostar também