Maior goleada do Flamengo na Libertadores: veja os números

Equipe flamenguista coleciona placares elásticos na competição sul-americana

Duas vezes campeão, o torcedor tem a curiosidade de saber qual é a maior goleada do Flamengo na Libertadores. A equipe coleciona altos placares contra os seus adversários desde a fase de grupos até a semifinal, onde briga pelo título em cada temporada que joga. Relembre a seguir as maiores goleadas e reveja os gols.

O Flamengo foi campeão da Libertadores em 1981 e 2019. E chegou nas quartas da Libertadores de 2022 após fazer 7×1 no Tolima.

Qual foi a maior goleada do Flamengo na Libertadores?

A maior goleada do Flamengo na Libertadores foi em 1993 contra o Minervén, da Venezuela, pelo placar de 8 a 2 nas oitavas de final.

Naquele ano, o Rubro-Negro passou em primeiro lugar no grupo D com sete pontos, colecionando três vitórias, um empate e duas derrotas, deixando para trás o América de Cali, Atlético Nacional e o Internacional.

Foi aí que encontrou o time venezuelano do Minervén. No primeiro jogo das oitavas o Flamengo goleou por 8 a 2, com gols de Djalminha, Nílson, Marquinhos, Gaúcho, Nélio, Wilson Gottardo e Marcelinho Carioca. Na volta, o elenco carioca venceu por 1 a 0, deixando o agregado em 9 a 2.

Depois, o Fla enfrentou o São Paulo nas quartas, mas acabou derrotado pelo tricolor e foi eliminado da competição sul-americana.

Confira o histórico de Maior goleada do Flamengo na Libertadores:

  • Flamengo 8 x 3 Minérven – 1993
  • Flamengo 7 x 1 Tolima – 2022
  • Flamengo 7 x 1 Blooming – 1983
  • Flamengo 6 x 1 San José – 2019
  • Flamengo 5 x 0 Grêmio – 2019
  • Flamengo 5 x 0 Santos – 1984
  • Flamengo 5 x 1 Emelec – 2021
  • Flamengo 4 x 0 Independiente del Valle – 2020
  • Flamengo 4 x 0 San Lorenzo – 2017

Confira no vídeo os momentos da maior goleada do Flamengo na Libertadores.

Flamengo vence Tolima na Libertadores por 7 x 1

Em 6 de julho de 2022, quarta-feira, o Flamengo não só se classificou para as quartas de final da Libertadores como também fez história com mais um capítulo das maiores goleadas.

Jogando contra o Tolima nas oitavas de final da Libertadores, o clube carioca fez 7 a 1 jogando no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

Quatro minutos foram necessários para a equipe rubro-negro abrir o placar com Pedro. Mais tarde, Quiñones marcou contra o seu próprio time e em favor do Flamengo. Pedro, a jovem estrela do time de Dorival Junior ampliou o placar para três a zero.

Gabigol também deixou o seu logo no início da segunda etapa, enquanto Pedro teve tempo de marcar mais dois e Matheus França, cria da base dos Garotos do Ninho, deixando em 7 a 1 a partida contra o Tolima. O jogador Quiñones, vilão no primeiro tempo, conseguiu marcar o gol de honra.

Esta, no entanto, não foi a única vez que o time goleou com sete gols o rival. Em 1983 o Flamengo venceu o Blooming, da Bolívia, por 7 a 1 pela fase de grupos da Libertadores.

 

Confira todos os gols da goleada contra o Tolima.

Qual foi a maior goleada do Flamengo?

Coincidentemente, as maiores goleadas do Flamengo envolvem oito gols do clube carioca contra os adversários dentro de campo, tanto pela Libertadores como no Campeonato Brasileiro.

Além do placar de 8 a 2 contra o venezuelano Minervén, nas oitavas da Libertadores em 1993, o Flamengo também já venceu o Sampaio Corrêa por 8 a 1 em 1976, no Campeonato Brasileiro.

Mais tarde, em 1981, o Flamengo venceu o Fortaleza por 8 a 0, jogando no Maracanã pela rodada do Campeonato Brasileiro daquele ano.

Já contra o Santa Cruz, em 1985, o placar foi de 7 a 0 também pelo Brasileirão.

Qual é o total de títulos do Flamengo?

O Flamengo integra a lista de maiores campeões da Libertadores. Com dois títulos conquistados, briga em todas as edições para alcançar a grande final e quem sabe aumentar esse número.

O time carioca foi campeão em 1981 e 2019. Na primeira ocasião, o Rubro-Negro terminou em primeiro lugar na fase de grupos com oito pontos no grupo C, com duas vitórias, quatro empates e nenhuma derrota.

No entanto, por ter o modelo de disputas diferente, o Flamengo jogou a final com o Cobreloa, do Chile. Por 2 a 0 na partida de desempate, o elenco de Zico conquistou a América.

Depois, em 2019, os comandados de Jorge Jesus chegaram até a glória do segundo título da Libertadores. Naquele ano terminou em primeiro lugar no grupo D com dez pontos, somando três vitórias, um empate e duas derrotas. Daí, passou por Emelec nas oitavas, depois Internacional nas quartas e o Grêmio na semifinal.

Na final, venceu o River Plate por 2 a 1 em partida única em Lima, no Peru.

Maior goleada do flamengo na libertadores
Flamengo campeão em 2019 na libertadores. Foto: reprodução / alexandre vidal / crf

Leia também: Quartas de final Libertadores 2022: chaveamento dos jogos

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.