Pontuação F1 2022: como funciona o sistema de pontos e valores

Competição reúne vinte pilotos em busca do tão sonhado título do Mundial da Fórmula 1 na temporada

O torcedor sabe como funciona o campeonato, mas e a pontuação F1 2022? A competição número um de automobilismo é muito mais do que uma simples corrida com rivalidade entre as pistas, o glamour e as glórias. Nas manhãs de domingo, o objetivo do piloto é a pontuação para alcançar a liderança , consequentemente, o título da Fórmula 1. Mas quais são os pontos atribuídos aos competidores?

Para saber como funciona a temporada 2022 da Fórmula 1, primeiro você deve saber quais são os valores em cada uma das posições na corrida, assim como a volta mais rápida.

Como funciona a Pontuação F1 2022

Nova temporada, novas regras. Não foram só os carros da Fórmula 1 que mudaram, o regulamento a respeito da pontuação também.

São vinte pilotos no grid de largada, mas apenas dez somam pontos ao fim da corrida de domingo. Por isso, a disputa para ficar entre os primeiros colocados é tão grande dentro das pistas, além do grande sonho de vencer e levar para casa o troféu para celebrar a carreira.

A partir de 2022, a FIA alterou as regras da pontuação de acordo com o número de voltas que os pilotos completam na corrida. Essa é uma maneira de evitar que os próprios competidores sejam prejudicados caso a a prova seja suspensa antes da hora e não puder se retomada por emergências de acidentes ou chuva.

O piloto que fizer a volta mais rápida ganha um (1) ponto extra e também para o construtor cujo carro ele dirige, mas apenas se estiver entre as dez primeiras posições da classificação. Se ele estiver fora, aí nenhum ponto será dado.

Vamos começar pela pontuação normal, onde a prova inteira é concluída. Aqui, os valores não sofreram alterações com relação ao ano passado.

1ª posição – 25 pontos
2ª posição – 18 pontos
3ª posição – 15 pontos
4ª posição – 12 pontos
5ª posição – 10 pontos
6ª posição – 8 pontos
7ª posição – 6 pontos
8ª posição – 4 pontos
9ª posição – 2 pontos
10ª posição – 1 ponto

 

Mas se o Grande Prêmio em questão tiver apenas 50% ou 75% de voltas completas, aí a pontuação vai para:

1ª posição – 19 pontos
2ª posição – 14 pontos
3ª posição – 12 pontos
4ª posição – 10 pontos
5ª posição – 8 pontos
6ª posição – 6 pontos
7ª posição – 4 pontos
8ª posição – 3 pontos
9ª posição – 2 pontos
10ª posição – 1 ponto

 

Se a corrida do domingo tiver apenas 25% ou 50% de prova completadas, aí os valores da pontuação F1 2022 serão menores.

1ª posição – 13 pontos
2ª posição – 10 pontos
3ª posição – 8 pontos
4ª posição – 6 pontos
5ª posição – 5 pontos
6ª posição – 4 pontos
7ª posição – 3 pontos
8ª posição – 2 pontos
9ª posição – 1 ponto

 

Em último caso, se a prova for concluída em menos de 25%, aí apenas os cinco primeiros ganham pontos.

1ª posição – 6 pontos
2ª posição – 4 pontos
3ª posição – 3 pontos
4ª posição – 2 pontos
5ª posição – 1 ponto

Pontuação da corrida sprint na Fórmula 1

Idealizada pela FIA em 2021 como modelo experimental, a corrida sprint também vai acontecer em 2022.

A corrida substitui o treino classificatório no sábado, com o objetivo de definir qual será o grid de largada para a corrida de domingo. A Sprint é uma corrida rápida de 30 minutos no circuito do fim de semana onde as posições de cada piloto será onde ele vai largar na prova do dia seguinte.

Além disso, a sprint race também dá pontos extras com base na classificação final da sessão. Este ano serão oito pilotos premiados.

Confira a pontuação da corrida sprint na Fórmula 1 em 2022 a seguir:

 

  • 1ª posição – 8 pontos
  • 2ª posição – 7 pontos
  • 3ª posição – 6 pontos
  • 4ª posição – 5 pontos
  • 5ª posição – 4 pontos
  • 6ª posição – 3 pontos
  • 7ª posição – 2 pontos
  • 8ª posição – 1 ponto

Existe critério de desempate na Fórmula 1?

Pode sim acontecer de pilotos ou equipes terminarem empatadas ao fim da temporada. Se isso acontecer, aí o critério de desempate desenvolvido pela FIFA entra em ação.

Se dois ou mais pilotos obterem a mesma pontuação, aí o primeiro critério é o número de vitórias na temporada, ou seja, quem ganhou mais provas tem a vantagem.

Se nada mudar, aí o segundo critério utilizado é o maior número de segundos lugares em corridas. Se a igualdade persistir, aí a FIA soma as vezes em que os pilotos terminara em terceiros colocados.

Se nenhuma das três opções resolverem, aí é a própria FIA quem indicará o vencedor na classificação de acordo com os critérios que achar melhor.

Campeonato de Construtores na F1 tem pontuação?

Assim como os pilotos, as equipes da Fórmula 1 também garantem pontos ao fim de cada corrida. No entanto, não existe uma pontuação exata para o Campeonato de Construtores e, sim, a soma dos dois pilotos que representam estas equipes.

Por exemplo, se Max Verstappen terminar em primeiro lugar (25 pontos) e Sergio Perez ficar em terceiro lugar (15 pontos), aí a Red Bull somará 40 pontos na classificação geral de Construtores.

Ao fim da temporada, o vencedor leva para casa o título de equipe vencedora da Fórmula 1 e o valor de R$66 milhões, enquanto o último lugar recebe  $ 15 milhões de reais, ou £ 11 milhões.

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.