Quadro de medalhas do Brasil nas Olimpíadas 2021 até terça-feira – 03/08

País garantiu um ouro e quatro bronzes nos Jogos Olímpicos de Tóquio na segunda para terça-feira

A delegação de atletas do Brasil contabiliza até o momento 15 medalhas, sendo 4 de ouro, 3 de prata e 8 com bronze nas Olimpíadas de Tóquio em 2021. No quadro de medalhas completo, a China lidera com 69 medalhas, seguindo com os Estados Unidos e o Japão em terceiro. Confira então como está o quadro de medalhas das Olimpíadas atualizado até esta terça-feira, 03/8.

Qual é o total de medalhas do Brasil nas Olimpíadas 2021?

A equipe do Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio conquistou o total de 15 medalhas, sendo 4 ouros com Ítalo Ferreira no Surfe, Martine Grael e Kahena Kunze na vela, Ana Marcela na Maratona aquática e Rebeca Andrade na Ginástica Artística, 3 pratas com skate e ginástica artística, e 8 bronzes com judô, natação, atletismo, boxe e agora o tênis, ocupando a 18ª posição no quadro geral.

Os Jogos Olímpicos de 2021 seguem até o dia 8 de agosto e muitas modalidades ainda serão realizadas como o skate park, hipismo, atletismo, boxe, canoagem velocidade e ginástica rítmica.

Brasil – 18º lugar no ranking 

  • 🥇4 ouros
  • 🥈3 pratas
  • 🥉8 bronzes 

Total: 15 medalhas

Veja o quadro de medalhas das Olimpíadas atualizado

A China lidera o quadro de medalhas das Olimpíadas com trinta e duas medalhas de ouro, vinte e uma em prata e dezesseis de bronze, totalizando 69 medalhas. Na sequência estão os norte-americanos norte-americanos com o total de 73 medalhas, mas com vinte e quatro de ouro medalhas de ouro conquistadas até o momento.

 

  1. China – 32 ouros, 21 pratas e 16 bronzes – 69
  2. Estados Unidos – 24 ouros, 28 pratas e 21 bronzes – 73
  3. Japão – 19 ouros, 6 pratas e 11 bronzes – 36
  4. Austrália – 14 ouros, 4 pratas e 16 bronzes – 34
  5. Atletas da Rússia – 13 ouros, 21 pratas e 18 bronzes – 52
  6. Grã-Bretanha – 13 ouros, 17 pratas e 13 bronzes – 43
  7. Alemanha – 8 ouros, 8 pratas e 14 bronzes – 30
  8. França – 6 ouros, 10 pratas e 8 bronzes – 24
  9. Holanda – 6 ouros, 8 pratas e 7 bronzes – 21
  10. Coréia do Sul – 6 ouros, 4 pratas e 9 bronzes – 19
  11. Nova Zelândia – 6 ouros, 4 pratas e 5 bronzes – 15
  12. Itália – 5 ouros, 9 pratas e 15 bronzes – 29
  13. Hungria – 4 ouros, 4 pratas e 3 bronzes – 11
  14. Brasil – 3 ouros, 3 pratas e 8 bronzes – 15

Thiago Braz é bronze no Salto com Vara do Atletismo

O brasileiro errou o seu primeiro salto nos 5m80. Entretanto, passou na segunda tentativa e avançou para os 5m87. Com muita emoção, Braz também passou na segunda etapa ao encostar a barriga no sarrafo, mas o instrumento manteve-se no lugar e ele assim avançou para os 5m92.

Apenas quatro atletas chegaram à fase: Thiago Braz, Renaud Lavillenie (França), Cristopher Nilsen (Estados Unidos) e Armand Duplantis (Suécia). O brasileiro e o francês não conseguiram ultrapassar a marca, mas Braz ficou à frente de Lavillenie, o mesmo atleta que Thiago venceu em 2016, no Rio de Janeiro, garantindo a terceira posição do pódio.

Restaram Nilsen e Duplantis, ambos protagonizando um belo duelo pelo ouro. Nos 6m02, o americano naturalizado sueco passou de primeira, enquanto o norte-americano não conseguiu passar a marca e ficou com a prata.

  1. Armand Duplantis (SUE) – 6m02
  2. Cristopher Nilsen (EUA) – 5m97
  3. Thiago Braz (BRA) – 5m87

 

Leia também – Agenda das Olimpíadas 2021: programação e horários de terça – 03/08 

Você pode gostar também