Marcas mais valiosas do futebol: Real Madrid se mantém no topo

Pelo segundo ano seguido, time espanhol lidera ranking das marcas mais valiosas do futebol em 2020, seguido de perto pelo Barcelona

0 289

Apesar de uma perda de 13,8% na sua avaliação de mercado em relação ao ano passado, o Real Madrid manteve a liderança do ranking das marcas mais valiosas do futebol. O time da capital espanhola é avaliado em 1,419 bilhão de euros. A lista é divulgada anualmente pela consultoria britânica Brand Finance.

Mas não foi só o Real Madrid que teve a marca desvalorizada devido à pandemia do coronavírus. Segundo o relatório, o valor total dos primeiros 50 clubes da lista caiu pela primeira vez em seis anos, com perda de 3,7%. Resultado, portanto, das quedas bruscas em arrecadação nos dias de jogos, direitos de TV e venda de produtos.

No caso do time merengue, aliás, a eliminação precoce na edição anterior da Liga dos Campeões e a campanha decepcionante no Campeonato Espanhol do ano passado pesaram ainda mais na desvalorização. Em 2020, o time comandado por Zidane voltou a conquistar o troféu de La Liga, mas foi eliminado da Liga dos Campeões pelo Manchester City.

Por outro lado, seu maior rival, o Barcelona, teve uma valorização de 1,4% e assumiu a segunda posição na lista das marcas mais valiosas do futebol. O time catalão passou a valer 1,413 bilhão de euros, e então ultrapassou o Manchester United, encostando no Real Madrid. Agora, portanto, a diferença entre os rivais da Espanha é de apenas 6 milhões de euros.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Além do Barcelona, só Tottenham, PSG e Liverpool tiveram valorizações. No top 10, o time que mais sofreu desvalorização foi o Bayern de Munique, que viu sua marca perder 20% do valor de mercado ao longo do último ano. O Arsenal caiu 19,8%, e os times de Manchester perderam 10%.

Marcas mais valiosas do futebol -Maior valorização

O time que mais se valorizou entre os dez primeiros, no entanto, foi o Liverpool. O título do Campeonato Inglês de 2020 após 30 anos de jejum e o troféu da Liga dos Campeões no ano passado foram apontados como fatores para o acréscimo de 6% em seu valor de mercado. Assim como o anúncio do maior contrato de patrocínio esportivo da Inglaterra, com a Nike.

Agora, o Liverpool ocupa a quarta posição entre as marcas mais valiosas do futebol. Mas, entre os 50 primeiros da lista, a maior valorização foi do RB Leipzig, da Alemanha, que vem crescendo no cenário internacional depois dos investimentos da Red Bull. Afinal, chegou às quartas da Liga dos Campeões e já aparece em 15º lugar no ranking.

Para a elaboração do ranking, a consultoria pesquisa sobre o mercado global de torcedores. Além disso, avaliou os clubes de acordo com critérios como performance em campo, valor do elenco, capacidade do estádio, jogadores convocados para seleções, engajamento de seguidores online, história do clube, público em dias de jogos, contratos de patrocínio e receitas.

Força das marcas

Entre as ligas nacionais mais valiosas, o ranking é liderado pela Premier League, da Inglaterra, que tem sua marca avaliada em 8,578 bilhões de euros. La Liga, da Espanha, continua em segundo lugar, seguida pela Bundesliga alemã, Serie A italiana e Ligue 1 francesa.

Além do valor de mercado, a empresa também mediu um índice de força das marcas, quesito também liderado pelo Real Madrid, com 94,9 pontos. O Barcelona se manteve em segundo, com 93,6, seguido pelo Liverpool, que ganhou duas posições. Uma das marcas que mais perderam força foi a do Milan, da Itália, que caiu 8,5 pontos e despencou oito posições no ranking.

No entanto, a consultoria simplesmente ignorou o futebol sul-americano em seu relatório de marcas mais valiosas. Deixou de lado, portanto, gigantes como Boca Juniors, River Plate, Flamengo e Corinthians. Por outro lado, incluiu no top 50 times como Betis, Bournemouth e Hoffenheim. Portanto, a lista da Brand Finance das marcas mais valiosas do futebol é predominantemente europeia.

Marcas mais valiosas do futebol: top 10

(Em euros)

1. Real Madrid

  • 2020: 1,419 bilhão de euros
  • 2019: 1,646 bilhão de euros
  • -13,8%

 

2. Barcelona

  • 2020: 1,413 bilhão de euros
  • 2019: 1,393 bilhão de euros
  • +1,4%

 

3. Manchester United

  • 2020: 1,314 bilhão de euros
  • 2019: 1,472 bilhão de euros
  • -10,7%

4. Liverpool

  • 2020: 1,262 bilhão de euros
  • 2019: 1,191 bilhão de euros
  • +6,0%

5. Manchester City

  • 2020: 1,124 bilhão de euros
  • 2019: 1,255 bilhão de euros
  • -10,4%

 

6. Bayern de Munique

  • 2020: 1,056 bilhão de euros
  • 2019: 1,314 bilhão de euros
  • -19,6%

 

7. Paris Saint-Germain

  • 2020: 967 milhões de euros
  • 2019: 914 milhões de euros
  • +5,8%

8. Chelsea

  • 2020: 949 milhões de euros
  • 2019: 968 milhões de euros
  • -1,9%

9. Tottenham Hotspur

  • 2020: 784 milhões de euros
  • 2019: 758 milhões de euros
  • +3,3%

 

10. Arsenal

  • 2020: 719 milhões de euros
  • 2019: 885 milhões de euros
  • -18,8%

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes