Ricardo Sá Pinto: quem é o novo técnico do Vasco e o que esperar dele

Uma semana depois da demissão de Ramon Menezes, o Vasco anunciou a contratação do técnico português Ricardo Sá Pinto

Uma semana depois da demissão de Ramon Menezes, o Vasco anunciou a contratação do técnico português Ricardo Sá Pinto. Assim, o ex-jogador de 48 anos fechou contrato com o clube carioca até o final do Brasileirão. O cruzmaltino começou bem no campeonato, mas vem de três derrotas seguidas e ocupa a 12ª posição.

O novo técnico do Vasco estava sem trabalhar desde dezembro, quando deixou o comando do Sporting Braga, de Portugal. Ricardo Sá Pinto estava na Grécia, onde negociava com o Panathinaikos, mas acabou aceitando a proposta vascaína. Sua estreia, no entanto, só acontecerá na próxima quarta-feira, no duelo contra o Corinthians.

Camisa de Romário

Após ser anunciado como o novo técnico do Vasco, Ricardo Sá Pinto gravou um vídeo em seu Twitter com um recado à torcida. Vestindo uma camisa vascaína autografada por Romário, o português se disse “muito orgulhoso e honrado” por assumir o comando do clube.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

“Sabemos que a situação não é ideal, é de grande responsabilidade, mas também é nas dificuldades que se criam grandes oportunidades. Conto com vosso apoio e vosso carinho. Já sabem: lutar, lutar, pela vitória”, avisou Ricardo Sá Pinto.

O técnico português chega ao Rio de Janeiro acompanhado de outros três profissionais. Dessa forma, o auxiliar Rui Mota, o preparador físico João Moreira e o analista de desempenho Igor Dias também foram contratados pelo Vasco.

 

Trajetória do novo técnico do Vasco

Ricardo Sá Pinto iniciou sua carreira como jogador de futebol profissional em 1991, pelo Salgueiros. O atacante se destacava pela raça e entrega em campo. Assim, foi contratado pelo Sporting, onde virou ídolo. Pelo clube de Lisboa, conquistou um título português e duas taças de Portugal.

O ex-atacante também passou por Real Sociedad, da Espanha, e Standard Liège, da Bélgica. Além disso, disputou 55 jogos com a camisa da seleção portuguesa entre 1994 e 2001. Encerrou a carreira de jogador em 2007 e, três anos depois, virou diretor de futebol do Sporting.

Temperamento explosivo

Como dirigente do Sporting, no entanto, o atual técnico do Vasco não durou muito. A experiência no cargo de diretor de futebol acabou depois de apenas dois meses. Afinal, em janeiro de 2010, ele foi demitido do clube após trocar socos com o ex-atacante Liedson a caminho do vestiário.

Como jogador, Ricardo Sá Pinto também ficou conhecido pelo sangue quente. Em 1997, ele cumpriu suspensão de um ano na seleção portuguesa após agredir o técnico Artur Jorge. Revoltado por ficar fora da convocação, ele invadiu o treino e acertou um soco no treinador.

Carreira como treinador

Apesar da saída conturbada do Sporting após agredir Liedson, não demorou para que o Sá Pinto voltasse ao clube onde foi ídolo. Desta vez, para o cargo de treinador do time juvenil. Em 2012, ele finalmente assumiu a equipe principal e iniciou sua carreira como técnico profissional.

À frente do Sporting, o técnico do Vasco chegou à final da Taça de Portugal e Às semifinais da Liga Europa, depois de eliminar o poderoso Manchester City. Ainda assim, perdeu o cargo no começo da temporada seguinte. Rumou, então, para a Sérvia, onde treinou o Estrela Vermelha e iniciou sua peregrinação.

Sá Pinto passou por OFI, da Grécia, Belenenses, de Portugal, e Al-Fateh, da Arábia Saudita, antes de assumir o comando do Stantard Liège, clube onde encerrou a carreira de jogador. Lá, finalmente conseguiu seu primeiro título como treinador ao conquistar a Taça da Bélgica de 2018.

Ricardo Sá Pinto comemora no Standard Liège
Divulgação/Standard Liège

Na temporada seguinte, após passar pelo Legia Varsóvia na Polônia, Sá Pinto voltou a Portugal para treinar o Sporting Braga, onde fez seu último trabalho antes de fechar com o Vasco. Foi bem na Liga Europa, batendo o recorde de invencibilidade de times portugueses em competições europeias, com 13 jogos sem perder. Assim, ele armou o time que venceria a Taça da Liga de Portugal logo depois que ele deixou o clube, em dezembro de 2019.

Estilo de jogo do técnico do Vasco

O volante brasileiro Fransérgio, ex-Internacional, trabalhou com Ricardo Sá Pinto no Braga. Em entrevista ao Globoesporte.com, o jogador avisou que o novo técnico do Vasco faz o simples e não é de inventar posição para os atletas. Além disso, gosta de jogo compacto e intenso, baseado principalmente na organização defensiva.

Já o meia Dudu Cearense, que trabalhou com Sá Pinto no OFI da Grécia, disse à ESPN que Sá Pinto é perfeccionista e “cobra demais” os jogadores. Por outro lado, também tem a característica de ser amigo dos atletas, “desde que você trabalhe sério e seja profissional”.

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes