Amazon quer lançar serviço de montagem de móveis

Por enquanto, serviço fica disponível apenas no estado da Virgínia, nos Estados Unidos, mas ideia é competir com empresas do segmento

A Amazon começou a testar um serviço de montagem de móveis ou eletrodomésticos assim que são entregues, de acordo com informações da Bloomberg divulgadas, no domingo, 18. A  ideia é que a empresa comece a competir de maneira mais igual com empresas do segmento nos Estados Unidos, como Best Buy e Wayfair, com esse serviço.

Primeiramente, a Amazon quer lançar o serviço no estado da Virgínia e em dois outros mercados ainda não definidos, de acordo com a Bloomberg. Atualmente, a empresa oferece apenas entrega programada de grandes iten, o que inclui móveis. No entanto, é um tipo de entrega que ainda gera reclamações nos Estados Unidos.

Com isso, a empresa já está estipulando regras na entrega. O entregador deve desembalar os itens, montar os móveis e depois retirar e levar a embalagem embora, caso o cliente não queira. Não há produtos específicos por enquanto que entram nesse “pacote”, mas há vídeos explicativos de cama, sofá, pufe, máquinas de lavar e lava-louças.

Móveis da Amazon

Com esse lançamento, deve haver uma simplificação ou diminuição do alcance do Amazon Home Services, serviço da varejista que permite aos clientes contratarem terceirizados por meio do site da empresa para montar móveis. Afinal, ao invés de entregar o serviço na mão de outras empresas e funcionários, a Amazon centraliza suas operações.

Além disso, a Amazon embarca em um setor que está em franco crescimento com a pandemia do novo coronavírus. De acordo com a Bloomberg, a empresa viu um salto na demanda por móveis, principalmente mesas e cadeiras de escritórios. Com isso, agora, clientes passam a sentir mais conforto em pedir itens mais caros pelo site da Amazon.

Você pode gostar também
buy cialis online