É possível investir em ações da Amazon daqui do Brasil; saiba como

Uma das formas de diversificar a carteira de investimentos é investindo em empresas do exterior. Então, saiba como investir na Amazon sem sair do Brasil.

0 320

Uma das formas de diversificar a carteira de investimentos é investindo em empresas do exterior. Então, saiba como investir na Amazon sem sair do Brasil. Durante a pandemia, o e-commerce ganhou força, o que fez com que a companhia aumentasse significativamente a quantidade de vendas.

Como investir em ações da Amazon?

Há duas maneiras de um residente do Brasil investir na Amazon. Através dos BDRs ou diretamente na bolsa de valores americana. A saber, a companhia não paga dividendos aos seus acionistas, que nada mais é que a distribuição de uma parcela do lucro aos investidores.

  • BDR

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

BDR é a sigla para Brazilian Depositary Receipts. Nesse sentido, eles se trata de valores mobiliários emitidos no Brasil, mas com lastro em ações do exterior. Dessa forma, se compra um certificado que representa o ativo. A negociação pode ser feita na B3, a bolsa de valores brasileira, através da mediação de uma corretora de valores.

São dois os tipos de BDRs. No caso dos patrocinados, é a própria empresa estrangeira que contrata no Brasil uma instituição depositária para emitir os títulos. Já nos não patrocinados é a instituição brasileira que toma a iniciativa de emitir os papéis.

Então, uma das formas de investir em ações da Amazon é comprando BDR da companhia. O que pode ser feito por meio de conta em uma corretora. O valor do título na tarde de quarta-feira (23/09), estava por mais de R$ 8.400. Sob do código de AMZO34 na B3.

Recentemente, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) atualizou as regras acerca dos BDRs. Tornando assim, mais fácil o acesso a alguns desses papéis por investidores do varejo. Antes, os BDRs só poderiam ser comprados por investidores qualificados, que são aqueles com mais de R$ 1 milhão investidos. As novas regras passaram a valer desde o dia 1º de setembro.

  • Bolsa de valores americana

Ademais, outra maneira de comprar ações da Amazon é fazê-lo diretamente na bolsa de valores americana. Para isso é preciso abrir conta em uma corretora internacional. Essa abertura pode ser feita com a apresentação de alguns documentos, como passaporte e comprovante de residência.

Depois disso é necessário fazer a remessa de dinheiro para fora do país. Nas remessas internacionais há incidência do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF). No caso da conta ser da mesma titularidade a alíquota é de 1,1%. Já se a conta for de outra titularidade o IOF é de 0,38%.

Feito isso, será possível investir na Amazon diretamente na Nasdaq, uma das bolsas de valores de Nova Iorque, nos Estados Unidos. O código da ação é AMZN. Na tarde desta quarta-feira (23/09) o preço do ativo estava superior à US$ 3.000.

O que é a Amazon?

A Amazon foi fundada em 1994 por Jeff Bezos, que atualmente é o homem mais rico do mundo. Em príncipio era uma loja virtual de livros. A empresa foi se expandindo e hoje vende diversos tipos de produtos com: alimentos, roupas, celulares, notebooks, panelas, eletrodomésticos e maquiagem.

Além disso a empresa tem seu próprio serviço de streaming de música e filmes, Amazon Prime Video e Amazon Prime Music. A multinacional também desenvolveu sua assistente virtual, a Amazon Alexa, que está integrada nos aparelhos de som Amazon Echo e Echo Dot.

A sede da Amazon fica em Seattle, Washington. É considerada uma das cinco maiores empresas de tecnologia, ao lado de Google, Apple, Microsoft e Facebook.

Desempenho da Amazon na pandemia

Mesmo em meio a uma pandemia, a Amazon dobrou o seu lucro líquido no segundo semestre do ano em relação ao mesmo período de 2019. Passando de US$ 2,6 bilhões para US$ 5,2 bilhões. Nesses meses a empresa contratou cerca de 175 mil funcionários para dar conta do aumento da demanda por seus produtos.

Por outro lado, a empresa enfrentou greves em algumas das unidades, as quais pediam por maior segurança em relação a contaminação da Covid-19. Ao passo que a Amazon anunciou que gastou US$ 4 bilhões com medidas de prevenção para seus colaboradores.

A fortuna do CEO, Jeff Bezos, está estimada em US$ 181,7 bilhões, conforme aponta Forbes. Segundo relatório da Oxfam, organização sem fins lucrativos que busca combater injustiças sociais, o lucro de Bezos foi tão grande que ele poderia pagar um bônus de US$ 105 mil para cada um dos seus 876 mil funcionários e ainda continuaria tão rico quanto no início da pandemia. O relatório é intitulado de Poder, Lucros e a Pandemia.

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes