Afinal, qual foi a piada que Tata Werneck fez sobre a Rede TV?

Tatá Werneck está sendo processada pela emissora Rede TV!, após fazer uma piada durante uma premiação. Saiba mais!

A humorista e apresentadora Tata Werneck está sendo processada pela Rede TV!, após fazer uma piada sobre a emissora durante a apresentação no ‘Prêmio Multishow 2020’, que foi transmitido em novembro deste ano. A emissora comandada por Marcelo de Carvalho e Amílcare Dallevo está pedindo uma indenização de R$ 50 mil para a artista. 

Qual foi a piada que Tatá Werneck disse?

Na ocasião, Tatá Werneck fez uma piada dizendo que o seu vestido custaria uma grade no canal. Segundo informações do colunista Leo Dias do portal ‘Metrópoles’, a ação movida pelos donos da emissora, pede uma indenização no valor de R$ 50 mil. Ainda segundo detalhes do processo,  a RedeTV! está fazendo acusações contra Tatá Werneck por conta da piada feita durante a premiação exibida nos dias 11 e 12 de novembro no Multishow.

Gente, não repare, eu vim de moto direto, entendeu? Eu vim assim. Peguei (a roupa) no varal, tá molhada ainda. Isso aqui é o orçamento de uma grade da RedeTV!. Pelo amor de Deus gente, não quero que vocês reparem“, brincou Tatá Werneck, que estava no palco da premiação ao lado do ator e humorista Paulo Gustavo, e da cantora Iza. 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Veja o momento: 

O que a Rede TV! diz?

Os defensores da emissora alegaram que a fala de de Tatá soou como uma ironia, ao diminuir a qualidade de sua roupa e comparando com o orçamento do canal. “Neste contexto, podemos ver, de forma cristalina, que a Ré faz chacota da emissora Rede TV!, comparando em tom de ironia a qualidade de sua vestimenta à qualidade e capacidade financeira desta emissora. A Ré declara, de forma inegável, que a sua roupa, molhada e amarrotada, teria o orçamento igual ou maior do que o de uma ‘grade’ inteira desta emissora autora, criticando grosseiramente toda a qualidade da programação, bem como, a capacidade financeira da autora”, diz a defesa da Rede TV!. 

Ainda, segundo os advogados, as falas de Tatá estão apontadas como perseguição à empresa, afirmando que piadas com teor pejorativo são recorrentes nos comentários da artista. Tanto é, que eles citam também a edição de 2018 da CCXP, quando a humorista agradeceu a Deus por não ter integrado o Pânico na TV, em 2010, que era exibido pela RedeTV!. Segundo eles, essas ações podem manchar a imagem do canal. “Contudo, não se pode olvidar que as atitudes da ré [Tatá] acabam por impingir nesta emissora a pecha de ser um canal de má qualidade ou ter capacidade financeira precária, prejudicando relações com investidores, talentos, anunciantes, etc.”, diz a ação.

Enquete BBB 21: qual musa fitness você escolheria para a edição?

“Os comentários levados a termos pela ré abalaram enormemente a imagem desta emissora. Tais ataques repercutiram terrivelmente entre seus  telespectadores e o público em geral. A autora, empresa televisa e de mídia reconhecida nacionalmente, teve sua honra objetiva completamente maculada por comentários abusivos e sem qualquer base factual”, alegam. 

O que a defesa de Tatá Werneck diz?

Ao portal ‘Notícias da TV’, do UOL, o advogado de Tatá, Ricardo Brajterman disse: “A RedeTV! perdeu completamente o senso do ridículo. Esse processo, sim, é uma piada infame, fadado ao insucesso. A fala da Tatá está dentro do limite constitucional da liberdade de expressão e da liberdade artística, em nenhum momento houve discurso de ódio e muito menos, por exemplo, uma manifestação para que boicotem a emissora, o que poderia, em tese, gerar algum dano. A visão da RedeTV! é tão obtusa que não conseguiu enxergar que a manifestação da Tatá foi positiva para o canal. Essa ação é um tiro no pé, pois é nítido o interesse de escuso de abocanhar uma indenização indevida, fomentando a ‘indústria do dano moral’. Entretanto, se a RedeTV! está tão desesperada por dinheiro, a ponto de fabricar um processo totalmente descabido para pedir R$ 50 mil a Tatá, eu posso tentar convencer minha cliente a doar o vestido que ela usou no Prêmio Multishow, e eles ainda podem ficar com o troco.”. 

Tatá se manifesta 

Através da rede social do Twitter, a apresentadora do ‘Lady Night’, se manifestou sobre o episódio, compartilhando um print de uma publicação de Marcelo de Carvalho, vice-presidente da Rede TV!, onde ele diz: “Minha solidariedade ao Faustão. Isso de ‘politicamente correto’ é um SACO. Coisa de patrulhinha de esquerda. Todo mundo sacaneava todo mundo, todo mundo levava na boa. Agora é ‘bullying’. Fala de inteligência, idiotice. Daqui a pouco nem piada pode mais”.

A mãe de Clara Maria ainda resolveu dar uma ‘cutucada’, ao publicar a seguinte mensagem: “Com medo da Globo e Multishow descobrirem que faço piadas muito piores sobre o orçamento deles”.

Veja mais: BBB Itália: saiba quem é Dayane Mello, a brasileira favorita ao prêmio

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes