Disney+ no Brasil: saiba como assistir a rival da Netflix

Streaming chega ao Brasil em novembro de 2020, com filmes da Disney, Marvel e Star Wars

A chegada da Disney+ no Brasil, plataforma de streaming semelhante à Netflix, ocorrerá ainda em 2020. O serviço vai reunir filmes e séries da Disney, da Pixar, da Marvel, de Star Wars e da National Geographic, além de conteúdo original.

Mas você sabe o que há por trás dessa nova aposta da empresa do simpático rato Mickey? Conheça os principais pontos sobre a chegada do novo produto no Brasil.

O que é a Disney+?

Lançada em novembro de 2019 para países do exterior, a Disney+ é uma plataforma de streaming que reunirá a maioria dos títulos audiovisuais produzidos pela marca. Além disso, também contará com o conteúdo de empresas compradas por ela como Marvel, Lucasfilm e Pixar. Em abril deste ano, a plataforma passou o número de 50 milhões de assinantes e a chegada ao Brasil, como resultado, pode turbinar esse número.

Quando a plataforma chega ao Brasil?

Disney+: Zé Carioca e Pato Donald tomam cachaça
A Disney+ irá desembarcar no Brasil durante o mês de novembro. Fonte: Reprodução/Disney

A Walt Disney Company confirmou que a chegada da Disney+ ao Brasil será em novembro deste ano. Apesar do anúncio, uma data exata não foi divulgada pela empresa. Embora o anúncio tenha sido feito só agora, o lançamento do streaming já estava previsto no cronograma da Disney desde novembro do ano passado.

O ‘atraso’ da chegada da Disney+ ao Brasil faz parte da estratégia global da empresa em inserir a marca no mercado gradativamente. Desta forma, o streaming vai sendo aperfeiçoado aos poucos para não gerar falhas em períodos de alta audiência (lançamentos de filmes e séries inéditos etc.).

Quanto vai custar o Disney+ Brasil?

A empresa ainda faz mistério de quanto cobrará pelo uso mensal da plataforma, mas a especulação é que o serviço custe R$ 28,99 por mês.

Como a chegada da Disney+ ao Brasil é enxergada?

Conforme o esperado, empresas nacionais já  sentem medo da chegada da plataforma estrangeira ao Brasil. A Claro foi uma das primeiras marcas a reagir à chegada: ela denunciou a Disney+ à Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações). Segundo matéria do jornal O Globo, o motivo da denúncia é o receio de uma concorrência desleal – vale lembrar que a plataforma de streaming Now pertence à Claro.

Outro fato levantado pela Claro é que a Disney+ bate de frente com a Lei da TV Paga, que estabelece uma cota mínima de conteúdos produzidos no Brasil. Contudo, com o anúncio oficial da Walt Disney Company, essa denúncia não deve afetar a vinda da plataforma ao país.

Quais serão os principais títulos no catálogo da Disney+ até 2021?

Séries inéditas da Marvel

Flyer da série Wandavision, aposta da Dinsey+
Wandavision é uma das séries da Marvel que dará continuidade ao universo cinematográfico de Vingadores: Ultimato. Fonte: Divulgação/Disney

Após a épica ‘conclusão’ dos heróis da Marvel no filme Vingadores: Ultimato, a empresa desacelerou o ritmo de lançamentos de seus produtos sobre os personagens. Desse modo, porém, 2021 é um ano que marcará a volta destes heróis em um novo formato: séries exclusivas da Disney+. Já estão confirmados os lançamentos das séries “WandaVision” (que acompanha a Feiticeira Escarlate e Visão), “Lóki” e “Falcão e Soldado Invernal”.

Todos os clássicos da Disney e Pixar

A Branca de Neve e outras princesas estarão na Disney+
A Branca de Neve e os Sete Anões é apenas uma das dezenas de animações clássicas da Disney que estarão na plataforma. Fonte: Reprodução/Disney

Como não poderia faltar, clássicos da animação como A Bela Adormecida, A Bela e a Fera e A Branca de Neve e os Sete Anões também estarão presentes na Disney+. Ao mesmo tempo, todos os filmes da subsidiária Pixar – Toy Story, Up e Wall-E – são presença garantida na plataforma.

Saga completa do Star Wars (incluindo The Mandalorian)

A Disney+ lançará todos os filmes e séries da saga Star Wars. Cena do trailer de Mandalorian com capacetes de stormtroopers abandonados.
A Disney+ lançará todos os filmes e séries da saga Star Wars. Fonte Reprodução/Disney

Há muito tempo atrás, antes do estrondoso sucesso dos filmes da Marvel, as sagas da galáxia distante de Star Wars fizeram um enorme sucesso e revolucionaram a maneira de se lucrar com uma franquia de filmes. E a Disney – que comprou toda a franquia em 2012 – está sabendo continuar o sucesso para novas gerações. Além das três trilogias de Star Wars, a Disney+ contará com séries exclusivas para o streaming. Uma delas, The Mandalorian, já estará presente na chegada da marca ao país.

Certamente um dos maiores acertos desde a trilogia original, The Mandalorian já terá sua segunda temporada lançada em Outubro e deve fazer parte do hall de audiovisuais da plataforma. Posteriormente, uma série sobre o personagem Obi-Wan também deve ser lançada.

Versões em live-action de animações clássicas

Os filmes em live-action de clássicos como Rei Leão também estarão presentes na plataforma.
Os filmes em live-action de clássicos como Rei Leão também estarão presentes na plataforma. Fonte: Reprodução/Disney

Outra aposta da empresa é em versões live-action de seus filmes clássicos. Títulos como Aladdin, Dumbo e Rei Leão já receberam suas repaginações e marcam presença no catálogo da Disney+. Versões de Mulan, A Dama e o Vagabundo e Cruella também devem aparecer pela plataforma em um futuro próximo. 

O que vai acontecer com os filmes da empresa que estavam em plataformas como Netflix e Prime Video?

Obviamente, todos serão transferidos para a plataforma da empresa, que busca atrair os clientes com a reunião de toda sua filmografia em apenas um lugar. Vale ressaltar, porém, que os filmes do Homem-Aranha não estarão na plataforma, pois a marca do herói aracnídeo pertence à Sony.

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes