A Fazenda 12: com Jojo e Lidi na final, reality pode entrar para a história

Depois de 11 anos, o reality rural da Record TV pode finalmente ter uma final histórica, ao dar o prêmio de R$ 1,5 milhão para uma participante negra. Jojo Todynho e Lidi Lisboa estão no elenco e a torcida dos fãs é grande.

Nesta sexta-feira, 20 de novembro é o Dia da Consciência Negra, e já que estamos falando de reality show, vamos citar a importância de se ter uma representatividade na final de A Fazenda 12. Com a presença das participantes Jojo Todynho e Lidi Lisboa como finalistas ao prêmio, o reality pode finalmente entrar para a história.

Jojo e Lidi podem fazer história em A Fazenda 12

Diferentemente de outros realitys, como o famoso ‘BBB‘ da Rede Globo, que já premiou participantes negras, como: Thelma Assis [2020], Gleici Damasceno [2018] e Cida [2004], o reality A Fazenda 12 ainda não conseguiu o feito. Mas, nesta edição, a história pode finalmente mudar. Jojo Todynho, intérprete do hit de sucesso, ‘Que Tiro Foi Esse?’, entrou no reality como favorita ao prêmio de R$ 1,5 milhão, da Record TV. Assim como Jojo, a atriz Lidi Lisboa também está dando o que falar no jogo. Apesar do início ser chamada de ‘planta’, a peoa está conquistando o público. Mesmo já protagonizado brigas, Lidi arranca o riso do telespectador quando o assunto é memes de pós-festas.

Independentemente do que pode acontecer com a final do reality, o cenário abre a oportunidade de análise sobre a questão do racismo estrutural no Brasil, e principalmente o momento atual. O fato é, que mesmo com a lei [Nº 7.716, de 5 de janeiro de 1989], que tornou o racismo um crime no Brasil já ter completado mais de 30 anos, ainda assim, poucas mudanças ocorreram na sociedade. E muitos ainda não levam a sério essa questão, que é de suma importância.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Participante de A Fazenda 11 foi vítima de racismo

Na edição passada, a participante Sabrina Paiva foi vítima de racismo enquanto estava em confinamento rural. Tudo aconteceu minutos antes do apresentador Marcos Mion entrar ao vivo no reality. No momento em que a modelo se levantou para tomar água, ela afirmou ter escutado uma ofensa racista de alguém da produção. Em um vídeo divulgado nas redes sociais, é possível ouvir algo parecido com a frase: “Vai macaca, senta logo aí“. Após o ocorrido, a TV Record emitiu um comunicado para imprensa e avisou os participantes, que o operador de câmera responsável pela ofensa havia sido demitido, e que Sabrina Paiva poderia entrar em ação contra o rapaz. Na internet, fãs e internautas subiram a tag ‘Sabrina Merece Respeito’ e ‘Racismo é Crime’. 

Veja o vídeo:

Mas, mesmo o racismo sendo considerado um crime, ele não comove as pessoas. Mesmo após tudo o que aconteceu com a participante Sabrina Paiva, ainda assim, o público votou para Lucas Viana ganhar o prêmio, levando em pauta, que ainda é uma questão estrutural. Está “naturalizado” na sociedade brasileira. Com isso, reforçando a ideia, de que a grande mídia ainda não representa a diversidade, uma vez que a massa é quem dá audiência.

Jojo Todynho fala sobre preconceito reverso

Durante uma formação de roça lenta e sem muitas emoções, Jojo Todynho surgiu para dar o fogo no feno! Tudo aconteceu quando a peoa foi justificar o voto em Biel, e abordou o tema racismo reverso. Segundo Jojo, na festa ‘Neon’, o cantor teria questionado se a colega não gostava dele, por ele ser branco. A peoa ficou irritadíssima, e afirmou com todas as letras que racismo reverso não existe. Afinal, brancos não são vítimas de racismos, só de preconceito. 

Ter Jojo Todynho ou Lidi Lisboa na grande final de A Fazenda 12, será muito significado para o público. Afinal, servem de inspiração para muitas pessoas.

Informar Erro
Siga-nos no 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes