Grammy Latino 2020: veja a lista completa de indicados ao prêmio

Pabllo Vittar, Elza Soares e Aline Barros disputam categorias dedicadas ao Brasil. Anitta é a única brasileira concorrendo em prêmios internacionais

Foi dada a largada pelo o gramofone mais requisitado por profissionais da indústria fonográfica mundial. A academia do Grammy Latino 2020 divulgou a lista dos indicados à premiação, na manhã desta terça-feira (29). O Brasil tem representantes como Pabllo Vittar, Anitta e Elza Soares, por exemplo. A cerimônia acontecerá em 19 de novembro nos Estados Unidos, com transmissão pela Univision.

Indicados do Brasil

Primeiramente, na categoria de Melhor Canção em Língua Portuguesa, uma das principais voltadas para o mercado brasileiro, Vitor Kley surge indicado com A Tal Canção Pra Lua. A música tem colaboração de Samuel Rosa. Já João Bosco concorre com Abricó-De-Macaco, enquanto Emicida, Majur e Pabllo Vittar disputam o gramofone de ouro com AmarElo. A música Libertação também aparece na corrida, colocando Elza Soares, BaianaSystem e Virgínia Rodrigues entre os indicados. Céu fecha a categoria com o single Pardo.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Na categoria de Melhor Álbum Pop Brasileiro, o duo AnaVitória concorre com o disco N. As Baías foram indicadas com Enquanto Estamos Distantes, já Apká! com Céu. Marcelo Jeneci disputa com Guaia e Melim com o álbum EU. Já como Melhor Álbum de Samba/ Pagode, Maria Bethânia surge com Mangueira – A Menina dos Meus Olhos. Martinho da Vila também aparece na lista com Martinho 8.0. Aliás outros ícones do gênero musical se juntam aos dois. Cláudio Jorge e o seu Samba Jazz de Raiz, Moacyr Luz e Samba do Trabalhador com Fazendo Samba e Zeca Pagodinho com Mais Feliz.

Outros indicados ao Grammy Latino 2020

A academia também revelou os indicados ao prêmio de Melhor Álbum de Música Cristã em Língua Portuguesa. Daniela Araújo aparece com Catarse, já Aline Barros busca a estatueta com Reino. O Ministério Mergulhar concorre com o disco Profundo, enquanto o Padre Marcelo Rossi com Maria Passa À Frente. Eli Soares surpreendentemente aparece na lista com Memórias II (Ao Vivo em Belo Horizonte).

O sertanejo, tido como um dos gêneros musicais mais populares do Brasil, também tem os seus indicados. Fernando & Sorocaba e o álbum #IssoÉChurrasco buscam a estatueta de Melhor Álbum Sertanejo. Paula Fernandes mais uma vez é indicada ao Grammy, dessa vez com Origens. Mas ainda não acabou. Livre, Vol. 1, de Lauana Prado também concorre na categoria. Se juntam aos três nomeados, Michel Teló e o Churrasco do Teló, Vol. 2 e Zé Neto & Cristiano com o álbum Por Mais Beijos.

O Grammy Latino também vai entregar uma estatueta para o Melhor Álbum de MPB. Zeca Baleiro concorre com O Amor no Caos, Volume 2, enquanto Belo Horizonte colocou Toninho Horta e Orquestra Fantasma na disputa. Bloco na Rua, de Ney Matogrosso, Planeta Fome, de Elza Soares e Caetano Veloso & Ivan Sacerdote de Caetano Veloso & Ivan Sacerdote, completam a categoria.

Por fim, os prêmios dedicados aos países de língua portuguesa terminam na categoria Melhor Álbum Rock/ Alternativo Brasileiro. AmarElo, de Emicida Little Electric Chicken Heart, de Ana Frango Elétrico, Letrux Aos Prantos, de Letrux, Universo do Canto Falado, de Rapadura e Não Mão as Flores, de Suricato são os indicados.

Categorias Internacionais do Grammy Latino 2020

Anitta, que recentemente entrou na posição 90 da Billboard Hot 100, principal parada dos EUA com a música Me Gusta, é a única brasileira indicada fora do Brasil. Surpreendentemente, ela surge com Rave de Favela, parceria com MC Lan, BEAM e Major Lazer indicada como Melhor Canção de Música Urbana. No país, só para ilustrar, o single da poderosa foi um dos mais tocados durante o Carnaval passado.

J Balvin é o recordista de indicações na edição 2020 do Grammy com 13 nomeações. Entre elas, Álbum do Ano, por Colores; e Melhor Performance de Música Urbana com Azul. Em suma, Bad Bunny surge na sequência com 11 indicações.

Veja a lista: 

Gravação do Ano

China, de Anuel AA, Daddy Yankee, Karol G
Cuando Estés Aquí, de Pablo Alborán
Vete, de Bad Bunny
Solari Yacumenza, de Bajofondo Featuring Cuareim 1080
Rojo, de J Balvin
Tutu, de Camilo com Pedro Capó
Lo Que En Ti Veo, de Kany García & Nahuel Pennisi
Tusa, de Karol G & Nicki Minaj
René, de Residente
Contigo, de Alejandro Sanz

Álbum do Ano

YHLQMDLG, de Bad Bunny
Oasis, de J Balvin & Bad Bunny
Colores, de J Balvin
Por Primera Vez, de Camilo
Mesa para Dos, de Kany García
Aire (Versión Día), de Jesse & Joy
Un Canto Por México, Vol. 1, de Natalia Lafourcade
Pausa, de Ricky Martin
La Conquista del Espacio, de Fito Páez
Cumbiana, de Carlos Vives

Canção do Ano

ADMV, de Maluma
Bonita, de Juanes & Sebastián Yatra
Codo con Codo, de Jorge Drexler
El Mismo Aire, de Camilo
For Sale, de Alejandro Sanz & Carlos Vives
#ELMUNDOFUERA (Improvisación), de Alejandro Sanz
Lo Que En Ti Veo, de Kany García & Nahuel Pennisi
René, de Residente
Tiburones, de Ricky Martin
Tusa, de Karol G & Nicki Minaj
Tutu, de Camilo com Pedro Capó

Melhor Artista Revelação

Anuel AA
Rauw Alejandro
Mike Bahía
Cazzu
Conociendo Rusia
Soy Emilia
Kurt
Nicki Nicole
Nathy Peluso
Pitizion
Wos

Melhor Canção Urbana

Adicto, de Tainy, Anuel AA e Ozuna
Muchacha, de Gente de Zona e Becky G
Rave de Favela, de MC Lan, Anitta, BEAM e Major Lazer
Rojo, de J Balvin
Yo x Ti, Tu x Mi, de Rosalía & Ozuna

Melhor Álbum Instrumental

Plays Daniel Figueiredo, de Leo Amuedo
Cartografias, de Caetano Brasil
Sotavento, de Compasses
Festejo, de Yamandu Costa com Marcelo Jiran
Terra, de Daniel Minimalia

 

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes