Brasileiro ‘Bacurau’ pode concorrer a melhor filme em Oscar 2021

O longa-metragem Bacurau, sucesso de bilheteria, ainda pode concorrer ao prêmio de Melhor Filme Estrangeiro.

O filme Bacurau (2019), longa-metragem de direção de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, ainda pode concorrer ao Oscar como Melhor Filme Estrangeiro em 2021, segundo a distribuidora, Kino Lorber.

Bacurau é um pequeno povoado do sertão brasileiro que não consta nos mapas convencionais. Sendo assim, o filme, lançado em agosto de 2019,  retrata a força do povo do interior do Pernambuco. Mas também, os problemas sociais persistentes no Brasil como a corrupção, a compra de votos, o difícil acesso à saúde, bem como à infraestrutura. Além disso, demonstra o preconceito regional entre os próprios brasileiros, a partir do exemplo da “superioridade” sulista sobre a nordestina.

O longa-metragem já apareceu em várias listas de melhores do ano de 2019. A saber, nos jornais The New York Time e The Guardian, nas revistas Vanity Farire e Esquire, mas tembém no site IndieWire. Também recebeu dois prêmios internacionais: Prêmio do Júri do Festival de Cannes e  Melhor Filme do Festival de Cinema de Munique (ARRI/Osram Award).

“Tenho uma visão muito tranquila em relação a Oscar, a Cannes, a prêmios, enfim. Nunca me adianto, sempre espero o que vai acontecer com o filme, mas vou aonde ele for”, disse o diretor do filme, Kleber Mendonça Filho. em entrevista ao jornal O Globo.

Por fim, Bacurau foi sucesso de bilheteria, com mais de 500 mil ingressos em menos de um mês. Além disso, arrecadou  US$ 3,4 milhões, isto é, R$ 19 milhões, aproximadamente.

Crítica a Bacurau

“Ficção científica, cinema de ação e comédia regional se encontram harmoniosamente no filme, porque Bacurau se aproxima desses gêneros sempre com a autoconsciência do gesto, como na hora em que um personagem ‘explica’ o aparecimento de um disco voador (que para o sertanejo na cena nunca foi um disco voador, só para o espectador).” É assim que o portal Omelete, referência em crítica cinematográfica, classifica o longa.

Confira o trailer:

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.