Austrália muda o hino nacional para refletir o passado indígena

Os australianos vão cantar uma versão diferente de seu hino nacional a partir de 1º de janeiro, depois que o primeiro-ministro Scott Morrison anunciou uma mudança na letra na quinta-feira (31).

Austrália muda o hino nacional para refletir o passado indígena. O anúncio da mudança foi feito pelo primeiro-ministro Scott Morrison na quinta-feira (31).

O hino não se referirá mais à Austrália como “jovem e livre” em uma tentativa de refletir a longa história indígena do país.

O anúncio foi uma surpresa, mas bem-vindo por todo o governo.

De acordo com Morrison, ele espera que a mudança crie um “espírito de unidade”.

As pessoas habitaram a Austrália por dezenas de milhares de anos antes de ser colonizada por ingleses brancos no século XVIII.

A frase que foi removida no hino foi: “pois somos jovens e livres”. Em vez disso, agora as pessoas vão cantar “porque somos um e livres”.

 

Austrália muda o hino nacional
Imagem: reprodução / getty images

Austrália muda o hino nacional 

No início deste ano, o líder do estado de Nova Gales do Sul, Premier Gladys Berejiklian, sugeriu a mudança. Ele disse que o texto atual ignorava a “orgulhosa cultura das Primeiras Nações” da Austrália.

“Mudar de ‘jovem e livre’ para ‘um e livre’ não tira nada. Mas acredito que acrescenta muito”, disse o primeiro-ministro Morrison.

Assim, “reconhece a distância que percorremos como nação. Reconhece que nossa história nacional é desenhada a partir de mais de 300 ancestrais. Bem como somos a nação multicultural mais bem-sucedida do planeta”.

Além disso, ele também disse que a mudança celebra a unidade que a Austrália formou durante a pandemia do coronavírus.

O líder da oposição, Anthony Albanese, comentou que o país “deveria se orgulhar do fato de termos a civilização contínua mais antiga do planeta bem aqui com pessoas das Primeiras Nações”.

Dessa forma, nos últimos anos, a Austrália tem feito maiores esforços para reconhecer a história indígena em eventos culturais e políticos.

Em dezembro, jogadores de rúgbi da seleção nacional cantaram o hino nacional pela primeira vez em uma língua indígena. A equipe cantou na língua da nação Eora – um grupo de pessoas da área de Sydney – antes de executar o hino em inglês.

Fonte BBC
Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.