Porto de Santos registra aumento na movimentação de mercadorias

Santos – Com quase 89 milhões de toneladas movimentadas entre janeiro e novembro de 2011, o Porto de Santos registrou novo recorde, superando em 0,02% o mesmo período no ano anterior (88,82 milhões de toneladas em 2010). O incremento de 7,2% nas importações, combinado ao declínio da tonelagem operada de açúcar (-13,7%) no complexo e à alta da soja exportada para a China no último trimestre, foram os principais componentes do resultado acumulado. – As cargas mais operadas em Santos e as principais mercadorias exportadas foram o açúcar, a soja e o milho. No acumulado até novembro, elas somaram, respectivamente, 15,96 milhões de toneladas, 11,16 milhões de toneladas e 4,32 milhões de toneladas. A soja sobressaiu-se pelo crescimento de 6% na comparação com o mesmo período de 2010. O volume de açúcar operado – aproximadamente 18% do total do porto – decresceu por conta da quebra de safra brasileira e do fortalecimento de grandes produtores internacionais (como Índia e Rússia), que em 2010 compraram parte da produção brasileira para honrar compromissos comerciais após dificuldades com suas safras. As exportações perfizeram cerca de 64,8% do total movimentado entre janeiro e novembro deste ano, acumulando 57,63 milhões de toneladas. Além das mercadorias mais operadas, merecem citação o óleo combustível, cuja operação cresceu 11,9% no intervalo analisado, e os óleos diesel e gasóleo, cujo escoamento consolidou um incremento de 28,5%.As importações responderam por 31,20 milhões de toneladas, ou 35,1% da movimentação até novembro de 2011. O adubo manteve o expressivo crescimento observado nos últimos 11 meses, chegando a 3,40 milhões de toneladas – alta de 73,1% no intervalo correspondente de 2010, quando foram registradas 1,96 milhões de toneladas. Veículos e carga conteinerizada, bastante relevantes para a balança comercial brasileira, estabeleceram novos recordes no período citado. Nos veículos, o índice foi de 390.609 para 321.533 unidades. Para os contêineres, foram registrados 2,697 milhões TEU (unidade de medida do contêiner) , número 8,5% superior ao do mesmo período de 2010. Entre janeiro e novembro de 2011, o Porto de Santos movimentou US$ 108,5 bilhões em mercadorias, somadas importações (US$ 50,9 bilhões) e exportações (US$ 57,6 bilhões). O valor total representa 24,6% da balança comercial brasileira, US$ 441,9 bilhões.

Santos – Com quase 89 milhões de toneladas movimentadas entre janeiro e novembro de 2011, o Porto de Santos registrou novo recorde, superando em 0,02% o mesmo período no ano anterior (88,82 milhões de toneladas em 2010). O incremento de 7,2% nas importações, combinado ao declínio da tonelagem operada de açúcar (-13,7%) no complexo e à alta da soja exportada para a China no último trimestre, foram os principais componentes do resultado acumulado. –

As cargas mais operadas em Santos e as principais mercadorias exportadas foram o açúcar, a soja e o milho. No acumulado até novembro, elas somaram, respectivamente, 15,96 milhões de toneladas, 11,16 milhões de toneladas e 4,32 milhões de toneladas. A soja sobressaiu-se pelo crescimento de 6% na comparação com o mesmo período de 2010. O volume de açúcar operado – aproximadamente 18% do total do porto – decresceu por conta da quebra de safra brasileira e do fortalecimento de grandes produtores internacionais (como Índia e Rússia), que em 2010 compraram parte da produção brasileira para honrar compromissos comerciais após dificuldades com suas safras. As exportações perfizeram cerca de 64,8% do total movimentado entre janeiro e novembro deste ano, acumulando 57,63 milhões de toneladas. Além das mercadorias mais operadas, merecem citação o óleo combustível, cuja operação cresceu 11,9% no intervalo analisado, e os óleos diesel e gasóleo, cujo escoamento consolidou um incremento de 28,5%.

As importações responderam por 31,20 milhões de toneladas, ou 35,1% da movimentação até novembro de 2011. O adubo manteve o expressivo crescimento observado nos últimos 11 meses, chegando a 3,40 milhões de toneladas – alta de 73,1% no intervalo correspondente de 2010, quando foram registradas 1,96 milhões de toneladas.

Veículos e carga conteinerizada, bastante relevantes para a balança comercial brasileira, estabeleceram novos recordes no período citado. Nos veículos, o índice foi de 390.609 para 321.533 unidades. Para os contêineres, foram registrados 2,697 milhões TEU (unidade de medida do contêiner) , número 8,5% superior ao do mesmo período de 2010. Entre janeiro e novembro de 2011, o Porto de Santos movimentou US$ 108,5 bilhões em mercadorias, somadas importações (US$ 50,9 bilhões) e exportações (US$ 57,6 bilhões).

O valor total representa 24,6% da balança comercial brasileira, US$ 441,9 bilhões.

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes